Publicidade
Mudanças

Livraria Cultura passa por reestruturação e realiza demissões em massa

A Livraria Cultura foi comprada pelo Banco Itaú e está passando por uma reestruturação. Uma das atitudes da nova gestão foi a demissão em massa. Só em São Paulo foram 43 funcionários dispensados. Há duas semanas, a ação foi a mesma em Curitiba.

Em entrevista ao Jornal Comunicação, a funcionária da sede da capital paranaense Elisa Carvalho contou que enviou um e-mail interno endereçado ao presidente da empresa e a todos os colaboradores da rede, com reclamações recorrentes dos funcionários em relação às condições de emprego. A entrevistada disse que o objetivo era deixar claro os problemas do local. Segundo a publicação, no mesmo dia, Elisa foi desligada da empresa.

Segundo o ex-vendedor André Lima, que também foi dispensado, o ocorrido foi o estopim para tudo que aconteceu depois. Um dos principais problemas apontados na carta se referia ao salário, considerado baixo pelos funcionários.

Outros trabalhadores, indignados com a situação, criaram uma página no Facebook com o nome Jeito Censura de Ser. No grupo eles manifestam todo o descontentamento com a ação.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES