Lojas Quero-Quero recebe certificação Top Employers

A Lojas Quero-Quero, rede de casa e construção com mais lojas no Brasil, foi certificada como Top Employer 2022, programa global de certificação que avalia práticas relacionadas à gestão de pessoas por meio de pesquisa de Melhores Práticas em Recursos Humanos. No Brasil, foram apenas 49 empresas certificadas, sendo três varejistas. A certificação ocorre cerca de um mês após ter sido reconhecida entre as dez melhores empresas gaúchas para trabalhar, segundo o ranking Great Place to Work, passando a integrar o recém-criado Índice B3 IGPTW, com foco ESG, composto por empresas com as melhores práticas no mercado de trabalho. Com sede no Rio Grande do Sul, a Lojas Quero-Quero também possui operações em mais quatro estados: Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Entre os principais motivos apontados pelos colaboradores na pesquisa GPTW, o destaque ficou com a categoria Oportunidade de Crescimento, evidenciando os programas de desenvolvimento profissional da companhia, que contemplam desde formação de gerentes de lojas, executivos e profissionais de tecnologia. O que todos os programas têm em comum é sua característica aplicada, que garante dinamismo e alto impacto desde os primeiros momentos profissionais. Em pleno processo de expansão, um dos grandes desafios da companhia é preparar gerentes para suas futuras unidades. Apenas em 2021, foram 70 novas lojas abertas e 1 novo centro de distribuição. Para 2022, a empresa já manifestou sua intenção de abrir de 70 a 85 novas lojas. Um dos principais pilares desta estratégia de expansão é o programa de Gerentes Trainees. O programa identifica, entre os mais de 8 mil colaboradores, aqueles que têm perfil para o cargo de gerente de loja e oferece uma formação aplicada para que estejam prontos para o desafio de gerenciar uma nova filial. Outro programa de destaque dentro da companhia é o Programa de Trainees, que forma jovens talentos para cargos executivos e já contou com mais de 170 participantes, desde que foi criado em 2010. Para o programa de 2022, foram mais de 5 mil inscritos no processo que selecionou 14 novos trainees para a turma que iniciou em janeiro. "No Programa de Trainees, buscamos pessoas que querem fazer a diferença, entendendo que isso passa por um desenvolvimento de autonomia com grandes responsabilidades. Desde o primeiro dia, os trainees já recebem projetos de alto impacto no resultado da companhia", afirma Peter Furukawa, acrescentando que nos dois anos de duração do programa são responsáveis por impactos relevantes na empresa e em suas carreiras, já que aprendem na prática e mantêm um contato muito próximo com a diretoria. Atualmente 50% dos mais de 170 participantes do Programa de Trainees nos últimos dez anos permanecem na Lojas Quero-Quero, em sua grande maioria exercendo cargos de liderança na companhia. Um deles é o CFO e Diretor de RI da empresa, Jean Mello, que participou do programa em 2013. "Desde que o Trainee entra no Programa, ele se torna responsável por projetos com real impacto na organização. Além disso, o aprendizado contínuo é um dos pilares do programa, e isso é possível através do ambiente horizontal, onde o Trainee tem acesso a diversas áreas e profissionais com os quais aprende durante o desenvolvimento dos seus projetos. Outro ponto muito importante na minha carreira foi fazer o MBA no exterior, e foi através das experiências que eu tive na Lojas Quero-Quero que pude ser aceito em um dos programas de MBA de maior renome internacionalmente (Insead)". Juntos, os dois programas de Gerentes Trainees e Trainees Executivos deram conta dos principais desafios de formação profissional da companhia nos últimos anos. Recentemente, contudo, a crescente atuação digital da companhia e a alta demanda por profissionais da área de tecnologia demandaram a criação de uma nova frente de formação profissional, com o programa de estágios de TI Quero-Quero Tech. Durante os três meses iniciais, a rede oferece aulas especializadas e mentoria com líderes do setor. Ao término do período, os participantes são avaliados por uma banca eliminatória composta de programadores e líderes de TI e alocados para mais três meses em áreas que envolvem programação, dados e robotização. Ao final de seis meses, os profissionais são alocados em áreas com as quais tiveram mais afinidade e desenvolvem soluções dentro da empresa. Assim como o programa de Trainees Executivos, uma nova turma do Quero-Quero Tech foi iniciada em janeiro de 2022. Dos 20 participantes da turma de 2021, 11 foram contratados para atuar em novos projetos da companhia. "A área de tecnologia tem apresentado um crescimento exponencial nos últimos anos. Criamos o programa para atender a demanda de digitalização do mercado de tecnologia e para formar profissionais capacitados para atuar no mercado varejista e de meios de pagamentos. Nossa iniciativa está atrelada totalmente ao propósito da empresa de proporcionar o desenvolvimento de pessoas e das comunidades onde atuamos", afirma Peter Furukawa, CEO da Lojas Quero-Quero.



Website: http://www.queroquero.com.br