Assine e navegue sem anúncios [+]
Quadrinhos

Malu cresceu, chegou aos 18 anos e ganhou livro

O escritor  curitibano  José Aguiar  com o livro ‘Malu: pequena, comum e extraordinária’
O escritor curitibano José Aguiar com o livro ‘Malu: pequena, comum e extraordinária’ (Foto: Fotos: Divulgação)

Malu cresceu e chegou aos 18 anos. A adolescente criada pelo quadrinista curitibano José Aguiar – que publicou tiras da personagem no Bem Paraná entre 2002 e 2005 – ganhou de presente um livro. Não um livro qualquer, mas uma antologia de histórias curtas e tiras dela mesma, publicadas desde o ano 2000: ‘Malu – pequena, comum e extraordinária’. Uma edição de colecionador, que será lançada nesta quarta-feira (30), na Gibiteca de Curitiba.

Essa seleção ilustra a trajetória da personagem em suas diferentes versões dentro da série ‘Folheteen’ antes de chegar a série atual, intitulada simplesmente “Malu” onde recentemente passou do impresso à webcomic. Sua primeira história nesse formato é ‘Malu Cotidiano Alterado’, disponível no site www.maluca.com.br. Essa edição especial de colecionador será distribuída gratuitamente aos presentes no evento de lançamento, que na mesma noite ainda contará, com uma palestra do autor, um debate e a abertura de uma exposição sobre Malu.

“Malu é uma adolescente que vive numa cidade comum como a sua. Leva uma vida comum a sua. Mas tem um jeito de ver o mundo não tão comum assim. Talvez como o seu. Este livro reúne pequenas histórias que resumem o crescimento dessa pequena personagem”, diz Aguiar, sobre sua principal personagem na carreira de quadrinista. “Uma extraordinária jornada de banalidades cotidianas feitas de coisas que nos perturbam, incomodam, cutucam, encantam e apaixonam. Afinal, assim como a vida da Malu, a sua também pode ser incrível por ser pequena, comum e extraordinária”.

O livro que será lançado na Gibiteca de Curitiba registra e encerra a fase “Folheteen” da personagem, ainda pouco conhecida fora da capital paranaense. Resgatar e restaurar esse material foi um processo delicado, realizado em parte no espaço da incubadora da Gibiteca de Curitiba, que serviu de ponto de encontro para o autor e sua equipe definirem os planos que nortearam a edição. Projeto registrado em uma série de vídeos disponíveis tanto no site da Malu quanto no canal de Youtube da Quadrinhofilia, o selo de quadrinhos de Aguiar.

O próprio autor admite que Malu se tornou maior que a tira em que aparecia. “Sem eu querer, ela foi aparecendo mais e mais e, lentamente, tomou a tira para si. De coadjuvante virou protagonista”, afirma Aguiar. Curiosamente, ele só deu o nome à adolescente em 2004, quatro anos depois da primeira tira – o nome é uma homenagem à primeira sobrinha. “Aposentar o nome ‘Folheteen’ era algo que eu ansiava fazer ha tempos. Ele não faz sentido hoje em dia. Malu sempre foi maior que a tira que a originou ao ser pequena, comum e, por isso mesmo, uma pessoa extraordinária. Especialmente ao falar de coisas que eu mesmo não conseguiria sem ela”.
Uma adolescente produtiva

Publicada desde o ano 2000, Malu é a personagem de HQ com maior regularidade em Curitiba, cidade onde se passam suas histórias. Mas elas não se limitaram aos periódicos locais. Foi vencedora do Concurso Internacional de Quadrinhos do Senac-SP/ Ed. Devir em 2005 e protagonizou um caderno especial no Jornal ‘O Globo’ em 2008. Foi levada aos palcos em 2009 e 2012 e teve uma exposição em Portugal em 2014, no Festival de Beja.

Até o momento teve três livros publicados, sendo o mais recente o elogiado ‘Folheteen – Direto ao Ponto’, indicado ao HQMIX de melhor roteiro. Sua série, antes intitulada ‘Folheteen’, teve tiras semanais veiculadas nos jornais Gazeta do Povo e Jornal do Estado (atual Bem Paraná) e também uma página mensal na revista cultural ‘Curitiba Apresenta’, da Fundação Cultural de Curitiba, até 2017. Em 2018 retornou em seu site próprio www.maluca.com.br com a webcomic interativa ‘Malu Cotidiano Alterado’. Além de estar ativa também em seus perfis nas redes sociais Facebook e Instagram.

O autor
José Aguiar é autor de HQs publicadas na França, Espanha, Itália, Suíça, Alemanha, Portugal e Estados Unidos. ‘A Infância do Brasil’, ‘Nada Com Coisa Alguma’ e ‘Coisas de Adornar Paredes’ são seus trabalhos mais recentes. Já recebeu alguns dos mais importantes prêmios relacionados aos quadrinhos no Brasil como o Ângelo Agostini e HQMIX e foi indicado três vezes ao prêmio literário Jabuti, sendo a última vez em 2018 por ‘A Infância do Brasil’. Obra vencedora dos prêmios HQMIX, LeBlanc e Minuano de literatura.

O projeto Malu Cotidiano Alterado é uma realização de Quadrinhofilia Produções Artísticas, com recursos obtidos via Fundo Municipal de Cultura da Fundação Cultural de Curitiba através do primeiro edital de Quadrinhos Publicação 2018.

Serviço
Lançamento de ‘Malu – pequena, comum e extraordinária’, de José Aguiar
Onde: Gibiteca de Curitiba, no Solar do Barão (rua Carlos Cavalcanti, 533 Centro)
Quando: 30 de janeiro de 2019
19h - Abertura da exposição ‘Malu – pequena, comum e extraordinária’ e palestra com o autor
José Aguiar.
20h - Debate Quadrinhos e adolescência com o autor e artistas convidados.
21h – autógrafos do livro ‘Malu – pequena, comum e extraordinária’

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK