Sem parar

Maratona de reuniões online apresenta ações e ferramentas para desenvolvimento dos municípios do PR

(Foto: Divulgação/Sedu)

Uma verdadeira maratona de 19 encontros online com os prefeitos afiliados a todas as associações de municípios do Paraná. Foi o que aconteceu durante as duas últimas semanas, com o objetivo de apresentar o conjunto de projetos que podem ser viabilizados via Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (Sedu), além dos serviços e ferramentas de apoio aos municípios disponibilizados pelo Serviço Social Autônomo Paranacidade.

Participaram das videoconferências o secretário da pasta, João Carlos Ortega, o superintendenteexecutivo do Paranácidade, Álvaro Cabrini, e a diretora de Operações, Camila Mileke Scucato. “Nossa missão é levar aos municípios as melhores opções para promover o desenvolvimento urbano com a garantia das boas práticas construtivas e de gestão de recursos públicos”, enfatizou Ortega.

“Registramos uma grande presença de prefeitos, praticamente de todos os municípios. E, em algumas situações, quando o prefeito não pôde participar, ele foi representado pela equipe técnica municipal”, disse Camila. Foram apresentados todos os tipos de ações que podem ser viabilizadas via Sedu, com recursos do Tesouro do Estado ou via Operações de Crédito.

Entre os principais, estão projetos de pavimentação e de recapeamento; implantação ou substituição de sistemas de iluminação; aquisição de máquinas, equipamentos e serviços; construção ou reforma de escolas municipais, ginásios de esportes, praças, unidades Meu Campinho e postos de saúde; barracões industriais ou comerciais; centros culturais ou comunitários, entre outros.

QUALIDADE TÉCNICA - Os prefeitos também puderam conhecer com detalhes e fazer perguntas a respeito do trâmite dos projetos na Sedu e no Paranacidade e, ainda, sobre todas as ferramentas online que ajudam no momento de decidir pelo melhor investimento para o município, na análise para a aprovação, no acompanhamento do processo e na fiscalização das entregas de obras e aquisições. “Tanto a Sedu quanto o Paranacidade estão preparados para dar o apoio necessário às prefeituras, de modo que os projetos sejam realizados e entregues, com qualidade técnica e segurança jurídica”, reforçou Ortega.

Um dos destaques foi o funcionamento do Sedu /Paranacidade Interativo, um aplicativo que apresenta, por georreferenciamento, a estrutura instalada de todos os municípios. Isso significa saber quais ruas estão pavimentadas e com qual tipo de pavimento, quantas lâmpadas há no município, rua por rua, em quais bairros estão as escolas e os postos de saúde, além de outros dados essenciais para o planejamento e a destinação de recursos. “Assim, o prefeito sabe quais regiões precisam de mais investimento. E, ainda, em relação a um projeto de pavimentação, por exemplo, saber o valor aproximado do custo da obra”, disse Camila.

Participaram prefeitos e equipes técnicas de todas as Regiões do Estado. O calendário foi cumprido com a realização de duas a até quatro reuniões por dia. Os encontros abrangeram integrantes da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG); Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi); Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop); Associação dos Municípios do Centro do Paraná (Amocentro); Associação dos Municípios do Médio Noroeste (Amenorte); Associação dos Municípios Entre Rios (Amerios); Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep); Associação dos Municípios Centro do Sul (Amcespar); Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar); Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi); Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná (Amunpar); Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam); Associação dos Municípios do Oeste (Amop); Associação dos Municípios Sul Paranaense (Amsulpar); Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop); Associação de Municípios Cantuquiriguacu (Cantuquiriguaçu); Associação dos Municípios do Litoral (Amlipa); Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) e Associação dos Municípios da Região Suleste (Amsulep).