Marc Márquez quebra jejum da Honda e ganha etapa da MotoGP após 581 dias

Marc Márquez e o autódromo de Sachsenring vivem uma enorme história de amor. O piloto espanhol quebrou o jejum da Honda na temporada da MotoGP ao ganhar a etapa da Alemanha, neste domingo. Foi a 11ª vitória seguida do piloto na prova alemã e a primeira após 581 dias de jejum do hexacampeão.

O triunfo do espanhol é ainda mais marcante pelo fato de ele ter largado somente do 5° lugar do grid. Mostrou força para ultrapassar os concorrentes e "desencantar" após longo jejum. Foi logo assumindo o segundo posto até, na curva 13, superar Aleix Espargaró. Cedeu a posição, mas logo deu o troco para não perder mais a ponta.

Ele não ganhava desde a etapa de Valência, em 2019, e fez disparado sua melhor corrida após passar por grave lesão no braço direito. Largou muito bem, assumiu a liderança nas primeiras voltas e depois apenas manteve a tocada para se proteger dos ataques de Espartagó e depois de Miguel Oliveira.

Em segundo, o português mostrou sua evolução na categoria ao subir no pódio pela terceira corrida seguida. Ganhou uma e ficou em segundo em outras duas. Completou o Top 3 o líder do Mundial da MotoGP, o francês Fabio Quartararo.

Apesar de não ter conseguido nova vitória, Quartararo comemorou muito ficar à frente dos pilotos da Ducati. Ele ampliou sua vantagem na liderança. O francês da Yamaha chegou aos 131 pontos, diante de 109 de Johann Zarco e 100 de Jack Miller. O quarto lugar está com Francesco Bagnaia, que soma 99.

Apesar do triunfo, Marquez é somente o 10°, com 41 pontos. Ele ainda não tinha terminado uma prova entre os cinco melhores na temporada. A nona etapa da MotoGP já acontece no próximo domingo, no circuito de Assen, na Holanda.