Publicidade
Campeonato Paranaense

Maringá usa a cabeça e atropela o Coritiba em pleno Couto Pereira

Time do norte paranaense dominou o confronto na Capital e construiu a vitória por 3 a 0 utilizando a bola aérea: foram três gols de cabeça
Maringá usa a cabeça e atropela o Coritiba em pleno Couto Pereira

O Coritiba não conseguiu fazer frente ao Maringá e acabou humilhado em pleno Couto Pereira na estreia da Taça Caio Júnior, o segundo turno do Campeonato Paranaense, na tarde deste domingo (04/03). A goleada por 3 a 0 foi construída com o time do norte do Paraná usando a cabeça: Alex Fraga (duas vezes) e Washington marcaram em lances de bola aérea, em falhas grotescas da defesa coxa-branca.

No final, vaias e gritos de ‘vergonha’ da torcida para o time, que pela primeira vez na temporada sofre mais de um gol numa partida oficial.

Como o Coxa venceu a Taça Dionísio Filho, o primeiro turno do Estadual, o time já está garantido na decisão do Estadual. Se levar a taça Caio Júnior, garante a taça de campeão paranaense antecipadamente.

Na próxima rodada os comandados de Sandro Forner fazem o clássico Paratiba na Vila Capanema. O jogo está marcado para quarta-feira (07/03), às 21h45. Já o Maringá recebe o Foz do Iguaçu no Estádio Willie Davids no mesmo dia, às 20 horas.

Maratona coxa-branca

O Coritiba tem encarado uma verdadeira maratona de jogos nas últimas semanas. Antes do jogo de hoje haviam sido oito partidas em 24 dias, com a média de um jogo a cada 72 horas. E todas partidas decisivas, que garantiram ao time o título da Taça Dionísio Filho (a equipe só se classificou na última rodada para o mata-mata) e a classificação até a terceira fase da Copa do Brasil.

Novidades da defesa ao ataque

Por conta do desgaste físico, então, o técnico Sandro Forner optou por escalar um time repleto de reservas para o confronto diante do Maringá. O único titular em campo foi o lateral-direito Marcos Moser, que havia cumprido suspensão no jogo contra o Goiás, o meio de semana. No mais, mudanças da defesa ao ataque, com destaque para as estreias dos zagueiros Alex Alves e Alex Costa e o retorno do meio-campista Matheus Galdezani.

No Maringá, o técnico Fernando Marchiori teve de lidar com apenas um desfalque (o atacante Dandan), mas também contou com um importante retorno: o meia Lucão, que havia ficado de fora das duas partidas anteriores por conta de uma lesão.

PRIMEIRO TEMPO

Apesar da esperada falta de ritmo e entrosamento por parte dos jogadores, o Coritiba conseguiu iniciar a partida colocando muita pressão no rival do norte paranaense. Nos primeiros 10 minutos foram quatro oportunidades claras de gol e uma bola na trave.

Passado o susto inicial, contudo, o Maringá começou a mostrar suas garras. Em vez de recuar e aguardar por um contra-ataque, Fernando Marchiori colocou o time visitante para jogar com pressão alta, marcando no campo de ataque do adversário e dificultando a saída de bola rival.

As chances de gol para o Coxa tornaram-se escassas e os visitantes ganharam campo. Primeiro, aos 13, levaram perigo em chute da entrada da área. Aos 23, obrigaram o goleiro Rafael Martins a fazer duas grandes defesas em sequência. E um minuto depois, no primeiro escanteio do time, abriram o placar em cabeceio de Alex Fraga, ex-Atlético.

Com a vantagem construída, o Maringá adotou outra postura, recuando e esperando pelo adversário. Até que, aos 38, Galdezani mostrou não ter exorcizado os fantasmas que o atormentaram em 2017. Ele, que já havia perdido um gol no começo da partida, foi desarmado no campo de ataque e deu início à jogada que terminou com mais um gol de cabeça, marcado por Washington em cruzamento de Lucão.

SEGUNDO TEMPO

Sem mudanças para a etapa final, o Coritiba continuou sem esboçar reação na partida. Pior: repetiu os erros vistos na etapa final e viu a derrota transformar-se em goleada aos 10 minutos, quando Alex Fraga, no segundo escanteio da partida, usou novamente a cabeça para marcar o seu segundo gol no jogo, o terceiro do time do Maringá.

Irritada, a torcida coxa-branca passou a vaiar o time, fazendo ecoar a partir das arquibancadas o grito de ‘vergonha’.

Com a derrota praticamente selada, Sandro Forner aproveitou para promover duas estreias no Coxa: primeiro, o argentino Alvarenga entrou no lugar de Ruy. Depois, Matheus Bueno substituiu Kady. Um titular só foi entrar em campo aos 29, com Julio Rusch na vaga de Simião.

O placar, porém, permaneceu inalterado, sendo o único destaque a expulsão de Virgilio Borges – o jogador do Maringá entrou em campo aos 38 minutos, com o placar já em 3 a 0, e ainda conseguiu ser expulso de campo após levar dois cartões amarelos.

FICHA TÉCNICA

Coritiba 0 x 3 Maringá

Coritiba: Rafael Martins; Marcos Moser, Alex Alves, Alan Costa e César Benítez; Matheus Galdezani, Wellington Simião (Julio Rusch), Kady (Matheus Bueno), Ruy (Alvarenga) e Pablo; Evandro. Técnico: Sandro Forner.
Maringá: Fabio; Rhuan (Danilo Mohamed), Alex Fraga, Egon e Carlão; Thiago Christian, Fabrício (Virgilio Borges), Lucão (Edmar), Washington e Paulinho Moccelin; Bruno Batata. Técnico: Fernando Marchiori.
Gols: Alex Fraga (24-1º e 10-2º), Washington (38-1º)
Cartões amarelos: Carlão, Borges, Washington (M); Pablo (C)
Cartão vermelho: Borges (M)
Árbitro: Robson Babinski 
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), domingo (04/03) às 17 horas

Principais Lances

Primeiro tempo

1 - Kady mete na linha de fundo. Evandro alcança a bola e cruza para Ruy, que tenta o chute de primeira e desperdiça boa chance. Finalização torta.

4 – Pablo corta dois marcadores da lateral para o meio e chuta da entrada da área. Fabio defende e a bola sobra para Alan Costa, livre na área.,furar feio na hora do chute.

4 – Kady passa pelo marcador na lateral, chega até a linha de fundo e cruza. Alex Alves e Alan Costa chutam duas vezes da pequena área, mas a trave salva o Maringá.

7 – Ruy enfia ótima bola para Matheus Galdezani nas costas da defesa. Meio-campista invade a área livre e toca na saída do goleiro, por cobertura. Chute vai para fora.

13 -.Paulinho Mocellin pega a sobra e chuta forte da entrada da área. Rafael Martins espalma.

21 – Ruy recebe na esquerda, ajeita e chuta de longe. A bola passa ao lado.

23 – Lucão passa por Alan Costa e cruza rasteiro para Washington bater colocado. Rafael Martins defende e Paulino Mocellin finaliza no rebote, obrigando mais uma defesa do goleiro. Escanteio.

24 - Gol do Maringá! Cobrança de escanteio de Paulinho Mocellin, defesa fica plantada e Alex Fraga aparece livre área para cabecear e balançar a rede.

28 - Evandro desce pela direita e lança. Zaga falha na hora de afastar e a bola sobra para Pablo, que pega de primeira e coloca longe, muito longe da meta.

38 – Gol do Maringá! Cruzamento de Thiago Cristian da esquerda, Washington aparece livre no meio da zaga e usa a cabeça para ampliar o marcador.

Segundo tempo

3 – Galdezani chuta de fora da área e Fabio espalma. No rebote, Pablo manda por cima do gol.

10 - Gol do Maringá! Cobrança de escanteio. Alex Fraga sobe mais alto que todo mundo e cabeceia no ângulo, sem chance para Rafael Martins.

43 - Paulino Mocellin ganha de Marcos Moser, avança e chuta forte de fora da área. Rafael Martins se estica e salva.

DESTAQUES DOS EDITORES