Assine e navegue sem anúncios [+]
"Kurumi"

Marinha alerta para ciclone subtropical em formação na costa brasileira

Imagem do ciclone Guará, que se formou na costa brasileira em 2017
Imagem do ciclone Guará, que se formou na costa brasileira em 2017 (Foto: Reprodução/NOA/Nasa)

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) e em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB), informa a previsão de formação de um ciclone com possíveis características subtropicais, a partir de quinta-feira (dia 23), quando poderá ser classificado como Depressão Subtropical.

A formação do ciclone está associada ao estabelecimento de uma zona de convergência sobre uma região em que a temperatura da superfície do mar está sendo observada entre 26ºC e 27ºC. Caso a intensidade dos ventos observados alcance ou supere 63 km/h (34 nós), o fenômeno será reclassificado como Tempestade Subtropical “Kurumí”, expressão em tupi-guarani que significa “menino”. A nomenclatura será oficialmente estabelecida por meio de Aviso Especial publicado no site do CHM, conforme a relação de nomes que consta nas Normas da Autoridade Marítima nº 19, disponível em https://www.marinha.mil.br/dhn/?q=pt-br/normaslegislacoes.

A provável área de formação do ciclone subtropical será em alto-mar, entre o Norte do estado do Rio de Janeiro e o Sul do estado do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para Sul, afetando as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, a partir do dia 23 pela manhã. São esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 87 km/h (47 nós) em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.

Também são esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 61 km/h (33 nós) em alto-mar, no estado da Bahia, entre as cidades de Caravelas (BA) e Ilhéus (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.

Os ventos poderão ocasionar agitação marítima resultando em ondas de direção de Sudeste a Leste e altura entre 3,0 e 4,0 metros em alto-mar, entre o estado de Santa Catarina, ao Norte de Laguna (SC) e o estado do Rio de Janeiro, ao Sul de Arraial do Cabo (RJ), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. Também é esperada agitação marítima resultando em ondas de direção de Nordeste a Norte e altura entre 3,0 e 4,0 metros em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.

O desenvolvimento e o aprofundamento do ciclone poderão reforçar a convergência de umidade, ocasionando grandes acumulados de chuva sobre o litoral do estado do Espírito Santo e Sul do estado da Bahia e, também, sobre a área marítima de atuação do fenômeno.

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no endereço eletrônico https://www.marinha.mil.br/chm/dados-do-smm-avisos-de-mau-tempo/avisos-de-mau-tempo. A Marinha do Brasil, o INMET, o CPTEC/INPE e o CIMAER/FAB acompanharão a formação e a atuação deste sistema nos próximos dias e as atualizações serão divulgadas nos sites: https://www.marinha.mil.br/chm/, http://www.inmet.gov.br/portal/, https://www.cptec.inpe.br/ e https://www.redemet.aer.mil.br/ ou pelo Facebook, em “@servicometeorologicomb” e “@inpe.cptec”.

As informações também podem ser acessadas por meio do aplicativo "Boletim ao Mar", que se encontra disponível para download na internet, tanto para o sistema Android, quanto para o IOS, desenvolvido em parceria entre a Marinha do Brasil e o Instituto Rumo ao Mar (RUMAR).

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK