Publicidade
Seminário

Mário Tourinho tem bloqueio parcial da faixa da esquerda para obra de trincheira

(Foto: Valdecir Galor/SMCS)

A mais nova etapa da construção da trincheira entre a Avenida Nossa Senhora Aparecida e a Rua Mário Tourinho, no Seminário, começou nesta quarta-feira (9/1). A faixa da esquerda da Mario Tourinho após a Fonte de Jerusalém, sentido Parque Barigui, foi bloqueada para instalação do espaço que será utilizado para confecção das vigas de concreto necessárias para a obra.

Como apenas uma das faixas será interditada e as outras duas faixas estarão liberadas aos veículos, a Superintendência de Trânsito de Curitiba (Setran) fará o monitoramento do fluxo pela região e do tempo de abertura dos semáforos, para evitar transtornos e congestionamentos. O próprio período de férias de janeiro favorece o bloqueio da pista, já que há menos veículos nas ruas e o trânsito está mais tranquilo no local.

A nova trincheira no Seminário trará mais segurança e agilidade a todos que costumam utilizar a Rua Mário Tourinho e a Avenida Nossa Senhora Aparecida. Há poucos dias, também foram descarregadas no local as estacas metálicas que serão utilizadas nas obras. As 216 estacas, que totalizam 93 toneladas de material, foram descarregadas no canteiro de obras próximo ao cruzamento. Fabricadas na Polônia, as peças serão utilizadas para estruturar as paredes laterais da trincheira.

Além de reuniões constantes para discutir as melhores alternativas para executar o projeto da trincheira, outras etapas da obra já foram cumpridas. No dia 2 de novembro de 2018, por exemplo, com a autorização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, foram cortadas quatro árvores que estavam no terreno que será ocupado pela nova trincheira. A Prefeitura já adotou as medidas ambientais compensatórias e, nos últimos meses de setembro e outubro, foram plantadas 110 mudas de araucárias no Eixo de Animação Arthur Bernardes, no bairro Santa Quitéria.

Bloqueio completo do cruzamento

O bloqueio integral do cruzamento da Mário Tourinho e Nossa Senhora Aparecida só será feito quando todos os materiais e equipamentos necessários para os serviços neste trecho estiverem no local.

Já as outras etapas da obra continuarão a ser executadas sem bloqueio completo do cruzamento. Dessa maneira, o trabalho ficará mais ágil e irá gerar menos transtornos para a população.

A Prefeitura sempre informará com antecedência os passos da obra.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES