Publicidade
Ex-Coritiba

Marquinhos Santos cita influência do ex-craque Alex e promete blindar Chapecoense

Marquinhos Santos
Marquinhos Santos (Foto: Valquir Aureliano)

Contratado após comandar o Juventude no acesso do Campeonato Brasileiro da Série C para a Série B, o técnico Marquinhos Santos foi apresentado nesta terça-feira como novo treinador da Chapecoense. Ele assume o time na vice-lanterna do Brasileirão, com apenas 14 pontos, e chega com um pensamento definido sobre qual o primeiro passo a ser tomado para iniciar uma reação.

A prioridade dele, nesse primeiro momento, é blindar o vestiário. Na entrevista coletiva de apresentação, o treinador explicou que o proceder é fruto da convivência com o ex-meia Alex, com quem trabalhou junto no Coritiba entre 2012 e 2014.

"Chego para blindar um vestiário. Eu digo sempre isso. Aprendi com um craque, um mito chamado Alex. Em 2012, quando assumi o Coritiba, ele ainda não estava. Chegou no final de 2012, me chamou e disse que o primeiro sucesso de um time passa pela blindagem de um vestiário. Ele está nas tuas mãos. Agora tu controla. Você ouvir isso de um cara como o Alex, tem que se valorizar e tem que se aprender. Então, o vestiário agora é conosco. E o vestiário é sagrado", enfatizou.

A primeira impressão de Marquinhos Santos sobre o elenco da Chapecoense foi boa. Ainda falando sobre a importância do vestiário, ele viu a possibilidade de criar um ambiente saudável em Chapecó (SC), diferente da experiência que teve em 2016, ano em que foi rebaixado com o Figueirense.

"Não trago só palavras, trago trabalho, conceito e conhecimento. Minha vida inteira foi o futebol. Foi ele que me tirou das ruas, me deu a oportunidade de fazer uma faculdade, construir uma família. Sou formado em educação física, pós graduado e tenho experiências internacionais em estágios. E com sucessos e insucessos. Fiz parte do rebaixamento com o Figueirense, e cheguei com o vestiário contaminado. E aqui já sei que não tem isso", lembrou o técnico.

Com passagens por Coritiba, Paysandu, São Bento, Figueirense, Fortaleza e Londrina, Marquinhos Santos conquistou o acesso à Série B com o Juventude no último dia 9 com uma goleada por 4 a 0 sobre o Imperatriz-MA, na rodada de volta das quartas de final da Série C. O comandante se despediu da equipe gaúcha no último domingo, vencendo o Náutico por 2 a 1 no primeiro jogo da semifinal.

A primeira partida de Marquinhos Santos pela Chapecoense será neste domingo contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 20.ª rodada do Brasileirão. O adversário é o quarto colocado e vem de uma sequência de três vitórias.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES