Publicidade
Vitória 2 x 0 Paraná

Matheus Costa cobra atitude do Paraná: ‘Mais um jogo perdemos para nós mesmo’

(Foto: Geraldo Bubniak)

Depois do quarto jogo seguido sem triunfo do Paraná Clube na Série B, o técnico Matheus Costa não poupou palavras na entrevista coletiva pós-jogo no Barradão, em Salvador (BA), após a derrota por 2 a 0 diante do Vitória. Nas palavras do comandante paranista, falta atitude ao time, que na sua opinião perdeu, mais uma vez, para si próprio.

Hoje foi mais um jogo que perdemos para nós mesmo. Obviamente que o Vitória teve mérito, mudaram um pouquinho o jeito de jogar com o Carlos Amadeu, atuando quase num 4-2-4. Mas perdemos muito nessas situações de bola longa, o que fez com que o adversário ficasse próximo do nosso gol. Num lance assim forçaram a bola longa na nossa área e fizeram o gol num momento e que estávamos criando oportunidades. Aós isso, mais uma vez a bola no nosso pé, um momento de insegurança, a bola queimando no nosso pé, eles fizeram o segundo gol e praticamente decretaram a partida. Tivemos mais posse de bola, mais finalizações, mais finalizações em gol. É continuar trabalhando e buscar a vitória em Sorocaba (contra o São Bento). Agora é um momento que temos de nos concentrar muito, trabalhar e saber das nossas limitações, sem expor a equipe, principalmente fora de casa”, declarou Matheus Costa.

Questionado por um repórter se acreditava que estaria faltando atitude ao time paranista, o treinador foi direto. “Sem sombra de dúvida (está faltando atitude), principalmente no início de jogo. Início de jogo são duas equipes se estudando e você em de estar no mais alto nível. O Vitória brigou e a gente deixou um pouco de brigar. Agora é se preparar para o jogo em Sorocaba, que vai ser mais um jogo de briga.”

Sobre a perspectiva de a diretoria contratar mais reforços para o elenco, o técnico explicou que o clube aguarda pela venda de Jhonny Lucas, que deve ser confirmada nesta semana. “Dependendo do valor (da venda) vamos buscar algum reforço. Mas quando o time não estava ganhando não se falava em reforço, agora que perdemos começam a falar em reforço. Temos de ter mais equilíbrio”, disse o treinador. “Mais importante que contratar alguém é manter o salário em dia como estamos.”

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES