Publicidade
Segundo dia

Matimbanda e desfiles no Litoral do Paraná levam 800 mil foliões para as ruas no Carnaval

Movimento de Carnaval na praia de Caiobá, em Matinhos
Movimento de Carnaval na praia de Caiobá, em Matinhos (Foto: Divulgação / PM)

O segundo dia de Carnaval no Paraná foi recheado de tradição e eventos que levaram multidões para as ruas neste sábado (22). Em todo o estado, mais de 5 mil pessoas e 1,8 mil veículos foram abordados por equipes policiais, com 57 encaminhamentos de adultos e adolescentes. No Litoral, cerca de 800 mil pessoas curtiram os desfiles carnavalescos e trios elétricos sob os olhos atentos da Polícia Militar, que fez bloqueios de segurança e orientações aos cidadãos.

A presença da PM alcançou desde os grandes eventos, como a Matimbanda, mas também esteve presente nas festas tradicionais das ilhas da Baía de Paranaguá. Em Guaraqueçaba, a Corporação fez o policiamento preventivo e acompanhou as 100 pessoas que se organizaram para participar do Carnaval.

MATINHOS

A Matimbanda foi o maior destaque da noite, com público de 250 mil pessoas. Antes da grande festa, a PM já estava acompanhando a movimentação dos turistas por conta do Carnaval Infantil no calçadão de Matinhos. O público contou com uma grande estrutura de segurança montada pela Polícia Militar. Somente nesta noite foram distribuídas 78 pulseiras e feitas 405 orientações aos foliões que estavam na Avenida Atlântica.

Marina Simon, de Curitiba, passou o Ano Novo em Matinhos e a boa impressão que teve a fez retornar para passar o Carnaval. “Tô me sentindo segura, tanto que estou aqui desci aqui sozinha, está tudo beleza, tudo muito bem organizado”, afirma.

Em outros pontos da cidade a PM registrou três situações de flagrante, sendo uma por embriaguez ao volante, uso de drogas e desobediência a autoridade policial, todas controladas pelas equipes e encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil posteriormente.

GUARATUBA

A noite de sábado foi tomada por cerca de 500 mil pessoas nas festas de Carnaval desde a tarde o policiamento foi reforçado na Avenida Atlântica, na Avenida 29 de Abril e na Barra do Saí, pontos em que houve maior concentração de foliões, veranistas e moradores. Ao longo da noite os policiais militares tiveram que fazer intervenções para evitar confusões, sem a necessidade de encaminhamentos. 

Em dos atendimentos feitos na cidade, os policiais militares foram acionados para verificar uma denúncia de venda de drogas em meio à multidão. As pessoas indicaram onde o homem estaria e foi feita a abordagem, sendo encontrados porções de maconha e ecstasy, além de dinheiro trocado. Diante da situação, ele acabou preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

ANTONINA E MORRETES

A tradição de Carnaval não foi esquecida em Antonina e a Avenida do Samba ficou colorida pelas fantasias e alegorias preparadas pelas escolas de samba, enaltecendo temas folclóricos da cultura popular brasileira. O agito levou 5 mil pessoas para a avenida. A festa iniciou-se por volta de 20 horas e foi até o fim da madrugada. Neste período houve a lavratura de três Termos Circunstanciados e de um Boletim de Ocorrência (descumprimento de medida judicial).

PONTAL DO PARANÁ

Os balneários de Praia de Leste, Santa Terezinha, Ipanema, Shangrilá e Pontal do Sul tiveram trios elétricos que levaram 12 mil pessoas para o segundo dia de Carnaval na cidade. As equipes policiais distribuíram 150 pulseirinhas de identificação, fizeram 48 abordagens a pessoas e fizeram 141 orientações. Durante as festas, houve apenas um encaminhamento para lavratura de Termo Circunstanciado por desobediência.

PARANAGUÁ

Cerca de 1,5 mil pessoas acompanharam os desfiles das escolas de samba e dos blocos carnavalescos na Avenida Maximiliano da Fonseca, no centro da cidade.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES