Troféu Covidão 2021

Maurílio elogia uruguaio e dá pista sobre escalação do Paraná Clube

Maurílio
Maurílio (Foto: Divulgação/Paraná Clube)

O técnico do Paraná Clube, Maurílio, falou nessa quinta-feira (dia 15) sobre o retorno do time ao Campeonato Paranaense após um mês sem jogos. Em entrevista coletiva, ele comentou sobre a possibilidade da estreia do meia uruguaio Máxi Rodriguez, sobre possíveis reforços para a Série C e sobre as pausas provocadas pela pandemia.

Sobre Máxi Rodríguez, que não atua há 16 meses, Maurílio fez alguns elogios. “A gente vem trabalhando para ele poder estrear. Ele vem fazendo bons treinos. Agora é com ele. Não é comigo”, disse o treinador, sobre o jogador de 30 anos. “Ele chegou um pouco abaixo na parte técnica e de força, mas agora ele vem ganhando isso”, comentou.

Em relação à escalação para enfrentar o Londrina, Maurílio deu sinais que pode repetir o sistema ofensivo usado na última partida, há um mês – vitória por 2 a 0 sobre o Toledo. “Sempre trabalho com repetição. Para ter conjunto, tem que ter repetição. Vou nessa linha. Não posso garantir que serão os mesmos atletas, mas vamos nessa linha. Um time que vai propor mais o jogo, buscar o resultado do início ao fim”, declarou.

Com isso, a provável escalação para domingo às 11 horas da manhã, na Vila Capanema, contra o Londrina, pelo Troféu Covidão 2021 é Renan; Paranhos, Anderson Salles, Jeferson e Christianno; Ramires e Mazinho; Gustavinho, Juninho e Thiago Alves; Da Silva.

PAUSA
Sobre a pausa provocada pela pandemia, Maurílio fez um balanço. “A equipe vinha em uma crescente. Tivemos a parada por causa da Covid. Aí ficamos duas semanas em trabalho online. Foi um pouco prejudicial. Mas nas duas semanas que tivemos treino presencial, tivemos uma melhora significativa com relação a posicionamento e entrosamento. Então estamos esperançosos. Futebol é desse jeito. Temos que fazer o melhor”, comentou.

REFORÇOS PARA A SÉRIE C
“A gente vem enfrentando momentos difíceis em relação à montagem do elenco. Tem alguns atletas com contrato acabando no fim do estadual. E essa parada faz que os jogos sejam mais rápidos, com menos tempo de descanso. Mas vamos ter tempo de formatar bem a equipe para a Série C”, declarou Maurílio.

CRISE FINANCEIRA
“A diretoria conversa bastante com a gente. Temos que abraçar essa causa juntos. Esse lado da parte financeira a gente não se envolve. Quanto mais resultados positivos, mais objetivos alcançados, melhor para o clube sair dessa situação”, disse Maurílio.