Pandemia

Média móvel tem alta no número de diagnósticos positivos em Curitiba

Média de casos em janeiro supera a média de dezembro
Média de casos em janeiro supera a média de dezembro (Foto: Geraldo Bubniak)

Na semana epidemiológica de número 44, encerrada no último sábado (16 de janeiro), Curitiba registrou um importante aumento na média diária de novos casos de Covid-19, embora o número de mortes por dia tenha caído na cidade em relação à semana anterior. Os números, levantados pelo Bem Paraná, foram compilados a partir dos boletins divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Entre os dias 10 e 16 de janeiro, a Prefeitura de Curitiba confirmou, por dia, uma média de 740 diagnósticos positivos para contaminação pelo novo coronavírus. Na comparação com a semana anterior, quando haviam sido registrados 642 diagnósticos diários, nota-se um aumento de 15,14%, com a cidade fechando a terceira semana consecutiva com alta no número de novos casos.

Por outro lado, a média de óbitos causados pela Covid-19 por dia teve queda de 4,67%. Na última semana, foram 14,57 mortes diárias. Na semana anterior, entre os dias 3 e 9 de janeiro, haviam sido 15,29.

Desde o início da pandemia em Curitiba, em meados de março, a semana com maior número de casos novos da doença foi a de número 37, entre os dias 22 e 28 de novembro, quando o município confirmou 1.388 diagnósticos por dia. Já o recorde de mortes pertence à semana de número 21, entre os dias 2 e 8 de agosto, quando o coronavírus foi responsável por 18,29 mortes diárias.

Interessante notar, ainda, que no primeiro pico da pandemia, entre as semanas 18 e 25 (12 de julho a 5 de setembro), um total de 820 pessoas morreram em decorrência da nova doença, com uma média de 14,6 mortes por dia. Já na segunda onda, entre as semanas 37 e 44, o total de mortes chega a 837, com 15 mortes diárias.

Número de casos ativos atinge maior nível desde o fim de dezembro

Em Curitiba, o número de casos ativos da doença já registra cinco aumentos consecutivos, com um aumento de 20,3% na comparação dos dados divulgados ontem pela SMS com os dados da segunda-feira da última semana. Este índice é fundamental ser analisado diariamente, uma vez que trata da fração de pessoas infectadas pelo coronavírus que ainda tem chances de ter desfecho negativo e que também tem potencial de infectar outras pessoas.

No boletim do dia 18 de janeiro, a Prefeitura de Curitiba informou existir na cidade 9.149 casos ativos, ao passo que na segunda-feira da semana anterior haviam 7.605. Trata-se, ainda, do maior número de casos ativos da cidade desde o dia 23 de dezembro, quando 10.209 pessoas ainda estavam contaminadas.

Evolução da pandemia em Curitiba, semana a semana

Semana 44
Casos novos por dia: 739,71
Óbitos por dia: 14,57

Semana 43
Casos novos por dia: 642,43
Óbitos por dia: 15,29

Semana 42
Casos novos por dia: 596,57
Óbitos por dia: 13,29

Semana 41
Casos novos por dia: 744,00
Óbitos por dia: 13,57

Semana 40
Casos novos por dia: 1.000,29
Óbitos por dia: 16,86

Evolução do número absoluto de casos ativos da doença na cidade
18/01: 9.149
16/01: 8.714
15/01: 8.466
14/01: 7.888
13/01: 7.546
12/01: 7.319
11/01: 7.605

Paraná deve atingir a marca de 500 mil ocorrências hoje

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná divulgou, ontem, 1.152 novos casos confirmados e 10 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Com isso, o Estado deve atingir a marca dos 500 mil casos no boletim de hoje. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná somava até ontem 499.777 casos confirmados e 8.982 mortos em decorrência da doença.

Os casos divulgados eram de janeiro de 2021 (1.133) e dos seguintes meses de 2020: junho (2), julho (1), setembro (1), outubro (1), novembro (5) e dezembro (9).

Até ontem, 1.526 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estavam internados. Eram 1.209 pacientes em leitos SUS ( 590 em UTI e 619 em leitos clínicos/enfermaria) e 317 em leitos da rede particular ( 130 em UTI e 187 em leitos clínicos/enfermaria).

Curitiba — Curitiba registrou, no domingo e ontem, 786 novos casos de Covid-19 e 21 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde. Até agora são 2.479 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Com os novos casos confirmados, 122.154 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 110.526 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 9.149 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Boletim
Brasil passa de 210 mil mortes causadas pela Covid
O Brasil passou das 210 mil mortes ocasionadas pela pandemia do novo coronavírus. Entre o domingo e ontem, as autoridades de saúde registraram 452 óbitos pela Covid-19. Com isso, o total de mortes chegou a 210.299. Há 2.766 óbitos em investigação por equipes de saúde. A atualização da situação de casos e mortes causados pela pandemia foi divulgada pelo Ministério da Saúde.
A contabilização de pessoas infectadas desde o início da pandemia alcançou 8.511.770. Entre ontem e hoje, foram acrescidos às estatísticas 23.671 novos diagnósticos positivos. Ainda há 849.424 pessoas com casos ativos em acompanhamento por profissionais de saúde e 7.452.047 pessoas já se recuperaram da doença.
Na lista de estados com mais mortes o topo é ocupado por São Paulo (49.987), Rio de Janeiro (27.805), Minas Gerais (13.483), Ceará (10.223) e Pernambuco (10.031). As unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (811), Acre (837), Amapá (1.005), Tocantins (1.316) e Rondônia (2.031).