Boletim atualizado

Médicos confirmam que Greca sofreu AVC, mas sem comprometimento cognitivo ou motor

(Foto: Franklin de Freitas)

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba confirmou que o prefeito Rafael Greca , 65 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral isquêmico (AVC) na manhã desta terça (20). 

O prefeito está internado no Hospital Nossa Senhora das Graças desde a manhã desta terça para observação depois que passou mal. Segundo os médicos,  Greca não apresentou comprometimento cognitivo ou motor. De acordo com os médicos, Greca encontra-se clinicamente alerta, em bom estado geral, com sinais vitais estáveis, participativo e dialogando. O prefeito seguirá internado em observação em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) entre 24 e 48 horas, segundo boletim assinado pela neurologista Karen Luiza Ramos Socher, pela Chefe da Unidade Terapia Intensiva do Hospital Nossa Senhora das Graças, Iara Buselato Chen, e pelo Diretor Técnico, Luiz Sallim Emed.

Greca foi vacinado contra a Covid-19 na manhã do último sábado (17), mas ainda não há qualquer indício de que o AVC tenha ligação com a vacina. "Não há nenhum caso descrito no mundo de AVC decorrente da aplicação da Coronavac. É, portanto, muito improvável a ligação da vacina com a ocorrência do prefeito, mas, como praxe, pela proximidade temporal, o caso será investigado", diz nota da assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba.  Ele recebeu a aplicação da primeira dose do imunizante CoronaVac, produzido pelo Instituto Butantan, no Pavilhão da Cura, no Parque Barigui. Em setembro do ano passado, ele e a primeira-dama Margarita Sanson positivaram para Covid-19 e chegaram a ficar internados no Hospital Nossa Senhora da Graças.