Publicidade

Melhora no acumulado do ano indica que serviços fecharão 2019 no terreno positivo

A melhora no volume de serviços prestados no País no acumulado de 2019 sinaliza que o setor vai enfim encerrar o ano em território positivo, o que não ocorre desde 2014, quando cresceu 2,5%. A avaliação é de Rodrigo Lobo, gerente da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta quinta-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os serviços saíram de um crescimento de 0,6% acumulado de janeiro a setembro para um avanço de 0,8% de janeiro a outubro.

"Sinalizando que finalmente setor de serviços vai fechar o ano nesse terreno positivo. A gente só tem duas informações para fechar o ano. Nada de extraordinário foi identificado, então provavelmente a gente vai ter uma taxa que não será catastrófica para levar esse setor de serviços no ano para o negativo", disse Rodrigo Lobo.

No período de 2015 a 2017, o setor de serviços teve uma perda 11%: -3,6% em 2015, -5,0% em 2016 e -2,8% em 2017. No ano de 2018, houve estabilidade (0,0%).

Segundo Logo, os serviços devem fechar o ano de 2019 com um crescimento em torno de 0,6% e 1%, a primeira alta desde 2014.

"É positivo, claro, mas as perdas de 2015 a 2017 suplantam esse ganho sinalizado para 2019. A recuperação ainda é insuficiente para suplantar patamares superiores já alcançados", ponderou Lobo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES