Publicidade
Sem sequelas

Menina atropelada por motociclista na Avenida Batel recebe alta de hospital

(Foto: Reprodução)

Após 17 dias internada, a menina Laura de Souza, 8, anos que foi atropelada por um motociclista na Avenida do Batel, em Curitiba, recebeu alta do Hospital Pequeno Príncipe na tarde desta terça (24). Ela e outras duas pessoas foram atropeladas no dia 7 de julho por um motociclista enquanto estavam na calçada. Segundo a assessoria do hospital, ela sai do hospital sem sequelas. 

A enfermeira Adriane Aparecida Melnik, tia de Laura, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi transferida para um quarto do Hospital Cruz Vermelha na última sexta-feira (20). No Facebook, a família de Laura e Adriane agradeceu as orações e apoio durante a recuperação das duas. 

A mãe do motociclista Leonardo de Magalhães Fonseca, de 22 anos, que atropelou três pessoas em Curitiba, falou pela primeira vez sobre o caso nesta terça-feira (24). “Ele já está pagando, está com tornozeleira em casa. A consciência já paga muito, né? Então, vamos deixar na mão da Justiça", disse Ângela Maria Brockveld, em entrevista ao PRTV1ª Edição. Leonardo dirigia com a carteira de habilitação vencida. O atropelamento foi no dia 7 de julho no bairro Batel.

Leonardo perdeu o controle da direção ao empinar a moto, emprestada pelo pai, na avenida. O acidente feriu três pessoas - uma criança de oito anos e duas mulheres de 39 e 88 anos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES