Namorados

Mercado de flores prevê queda de mais de 50% na comercialização

Mesmo com a reabertura do comércio às vésperas do Dia dos Namorados, alguns setores da economia não estão confiantes nas vendas para a data. O setor de flores é um deles. O Dia dos Namorados é uma das principais datas do setor, mas as vendas devem ficar baixas.

Na Esalflores, em Curitiba, o Dia dos Namorados costuma aumentar em 30% o volume de vendas tradicional. A empresa chega a realizar mais de 3 mil entregas em um único dia na capital paranaense. Mas para o ano de 2021, as estimativas estão mais baixas, com uma previsão de 58% de queda no número de vendas com relação ao ano de 2020, que já não foi tão positivo.