Publicidade

Meta do Novorizontino é ser o melhor do interior

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em franca ascensão, o Novorizontino espera repetir 2018 e se firmar como a melhor equipe do interior no Estadual. O quinto lugar na tabela do ano ano passado foi a melhor colocação da equipe de Novo Horizonte desde a refundação em 2001 -chegou a ser vice-campeão paulista, em 1990, antes de decretar falência em 1999.

Em sua primeira temporada na Série A-1 desde a volta ao futebol, o Tigrão alcançou o 11º posto, em 2016, e deu-se por satisfeito por se livrar do rebaixamento, que levou seis equipes ao andar de baixo. Em 2017, o aurinegro chegou ao mata-mata -caiu diante do Palmeiras- e conseguiu a sonhada classificação à Série D do Brasileiro. No ano passado, a boa campanha na fase de grupos -só ficou atrás do alviverde, novamente seu algoz, e do Corinthians- o credenciou à melhor campanha do interior -com os quatro grandes à frente na tabela final.

"Não dá para errar no Paulistão. Acredito que, pela força do grupo montado, podemos surpreender", afirmou o lateral Lucas Newiton, que defende o clube desde 2017. "O grupo deste ano é o melhor com quem joguei."

A equipe comandada pelo experiente Roberto Fonseca contratou 17 jogadores -muitos deles com passagens por Novo Horizonte. Os meias Pedro Carmona (ex-

Palmeiras) e Jean Patrick (campeão da Série B com o Fortaleza) e o zagueiro Edson Silva (ex-São Paulo) são alguns dos reforços.

NOVORIZONTINO

Apelido: Tigre do Vale

Fundação: 13/03/1973

Estádio: Jorge Ismael de Biasi, com capacidade para 12.872 torcedores

Principal título: 1 Série C do Brasileiro (1995)

Melhor colocação: vice-campeão (1990)

Colocação no Paulista-2018: 5º lugar

Técnico: Roberto Fonseca

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES