Publicidade
Campeonato Brasileiro

Micale fala sobre Jhonny Lucas, mudança tática e qualidade do elenco do Paraná

"Micale: possibilidade de mudan\u00e7a t\u00e1tica"
"Micale: possibilidade de mudan\u00e7a t\u00e1tica" (Foto: Geraldo Bubniak)

O técnico do Paraná Clube, Rogério Micale, elogiou o elenco de jogadores e explicou a decisão de não liberar o volante Jhonny Lucas para a seleção brasileira sub-20. Em entrevista coletiva nessa sexta-feira (dia 4), ele também admitiu a possibilidade de alterações táticas no formato da equipe.

Na derrota para o Corinthians, na Vila Capanema, muitos torcedores protestaram e gritaram “time sem vergonha”. Micale defendeu os atletas nessa sexta-feira. “Seria muito fácil chegar aqui e transferir a responsabilidade. Quando eu fui contratado, eu sabia exatamente para onde estava vindo e quis aceitar esse desafio. Seria covardia da minha parte chegar aqui e gritar que estamos precisando de atletas. O que eu posso dizer é que o nosso torcedor entenda bem e nos apoie. É um clube que subiu recentemente e não tem um grande orçamento. Isso tem que ser levado em consideração. Entrega não está faltando, os números estão mostrando. Me disseram que não fariam loucuras e eu concordo. Por isso aceitei, estou aqui e não vou reclamar. Vou trabalhar, como estou fazendo até agora”, argumentou o treinador.

Para o próximo jogo, que será na segunda-feira (dia 7), contra a Chapecoense, Micale pode ter as voltas do meia Carlos Eduardo e do lateral-esquerdo Mansur. No entanto, o ponta Raphael Alemão foi vetado pelo departamento médico. O treinador vem adotando o esquema tático 4-1-4-1, com variações para o 4-3-3 e o 4-2-3-1. Em todos esses modelos, ele usa dois jogadores de velocidade pelos lados do campo. O centroavante Carlos, por exemplo, pode atuar pelo lado do campo também. O meia Caio Henrique é outro que pode ser deslocado para essa função. “Existe a possibilidade de alguma mexida tática para poder dar mais consistência à equipe. Mas existe também a chance de uma troca simples de atacante. Ainda vamos aguardar evolução daqueles que estão voltando do departamento médico para poder definir a equipe”, comentou.

Um provável time para segunda-feira é David Rambo; Alemão, Jesiel, Cleber Reis e Mansur; Jhonny Lucas, Wesley Dias, Caio Henrique, Carlos Eduardo e Silvinho; Carlos. 

O volante Jhonny Lucas só poderá jogar porque o Paraná decidiu não liberá-lo para a seleção brasileira sub-20. Ele foi convocado para um período de treinamentos e perderia as próximas duas partidas do clube.  “Jhonny é um jogador que tem sido muito importante pra gente. E é um momento importante do clube, que precisa pontuar. A conversa que tive com a diretoria em relação à CBF foi essa (de liberar). A CBF teve um bom senso de liberar ele durante o Paranaense também num momento crítico”, comentou.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES