Londrina

Ministério Público vai apurar caso de promotora presa por embriaguez

O Ministério Público do Paraná reafirmou nesta segunda-feira 10, que irá apurar o acidente envolvendo a promotora Leila Schimiti Voltarell, ocorrido no último sábado (8) em Londrina. A promotora voltava de uma festa na área rural quando bateu em outros dois carros na avenida Aminthas de Barros. Conforme boletim de ocorrência, a promotora apresentava sinais de embriaguez e odor etílico. O caso foi encaminhado à 10ª Subdivisão Policial.

"Embora o fato não esteja relacionado ao exercício das atividades funcionais, a conduta dos membros do Ministério Público requer exemplaridade tanto na vida pública quanto privada", destacou o MP em nota. 

"Ainda com relação aos fatos, o Ministério Público do Paraná esclarece que, desde o primeiro momento, adotou, por meio da Procuradoria-Geral de Justiça, as providências cabíveis, delegando atribuições ao procurador de Justiça Claudio Rubino Zuan Esteves para acompanhar o caso naquele momento, zelando pela estrita observância da lei", reforçou a instituição no texto.