Publicidade
Ateliê

Moda e sustentabilidade ganham endereço no Calçadão da XV de Novembro

O coração de Curitiba ganha, no próximo dia 7 de dezembro, um ateliê de costura único e diferente, com foco tanto no estilo e na beleza quanto na ética e na sustentabilidade. No movimentado calçadão da Rua XV de Novembro, esquina com a histórica Barão do Rio Branco, nasce o espaço de criação do designer paranaense Luan Valloto, especialista em Ecodesign que busca aliar nas peças que elabora originalidade, beleza e responsabilidade ambiental, utilizando matérias-primas naturais, como tecidos, fios e pigmentos, e procedimentos que evitam agredir a natureza. 

Mestre em Gestão Ambiental, Valloto quer fazer de seu ateliê, cujas paredes são revestidas de poemas de escritores brasileiros, uma usina de criatividade, onde ele possa mergulhar no que há de único e especial em seus clientes. A proposta é a de, nas peças que cria, também imprimir as identidades e histórias de vida dessas pessoas, em um processo de cocriação. “A minha proposta é trazer representação da identidade pessoal às criações, para que, ao vestir essas roupas, elas se sintam parte integrante do que as tornou possível”, diz Valloto. 

Vencedor do Prêmio João Turin (2012), voltado a novos designers, logo no início de sua carreira, Valloto optou muito cedo por fazer uma moda consciente e responsável, que se utiliza dos recursos naturais produzidos pelo nosso território, mas sem jamais abrir mão do rigor técnico e estético. Na micro coleção que apresenta dia 7 para inaugurar o seu ateliê, ele buscou inspiração no diálogo de culturas que se estabeleceu ao seu redor, com a chegada, de diversos lugares do mundo, de refugiados que buscam reconstruir suas vidas entre nós. A coleção conta, também, com o lançamento da Colab. Enlace desenvolvida por Luan Valloto e Bruna Vilas Bôas, que resultou em biquínis de crochê, feitos com um grupo de artesãs, com fios de algodão, modelagens adaptadas aos corpos e funções de veraneio.

“A moda é arte e criação, mas também tem significado político, social. Os imigrantes, com suas cores, histórias e estilos, estão contribuindo para a transformação da identidade local, ainda que de forma lenta. Curitiba e o Paraná foram se transformando ao longo dos séculos muito por conta desse fluxo múltiplo de gente que veio de todo canto do Brasil e do mundo. Somos muitos e múltiplos. É sobre isso que quero falar, dentro de uma perspectiva de refúgio como acolhimento e troca”, afirma Valloto.

 

Serviço

 

Luan Valloto Ateliê de Costura - www.luanvalloto.com.br

@luanvalloto_atelie_de_costura 

Inauguração e lançamento da coleção “Refúgio”

Onde: Rua XV de Novembro, 467, 1º andar – Centro Curitiba

Quando: 7 de dezembro, às 09h00

Telefone: 41 9 99779033

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES