Luto

Morre o artista plástico paranaense Celso Izidoro, aos 69 anos

Celso Isidoro
Celso Isidoro (Foto: Reprodução / Facebook)

O artista plástico paranaense Celso Izidoro morreu nesta quarta-feira (26), aos 69 anos, em Curitiba. Ele estava internado no hospital Evangélico Mackenzie e teve uma falência renal. A confirmação da morte foi feita pela irmã dele, Marisol, no perfil do artista nas redes sociais. O sepultamento ocorreu nesta quinta-feira (27), em Guarapuava.

A mensagem foi escrita em primeira pessoa. “Hoje eu, Celso Isidoro, me despeço de vocês. Estou indo para o paraíso que tentei criar aqui, mas não consegui. Com a minha arte, busquei a divindade, e tentei, através dela, encontrar Deus e levar Deus até vocês. Um abraço apertado para todos vocês. Que eu esteja sempre presente na arte que deixei”, diz o texto em seu perfil no Facebook.

Celso Francisco Isidoro nasceu em Ituporanga (SC), em 21 de julho de 1952, e veio ainda pequeno para Guarapuava, na região central do Paraná. Aos oito anos, ele desenhava em paredes com carvão. Fez inúmeras exposições na cidade de Guarapuava, a primeira em 1966, e depois mudou-se para Curitiba. Ele tinha diversas atividades artísticas e fez exposições em diversos ligares lugares do mundo. Em Curitiba, era dono do ateliê Celso Izidoro. Ainda contava com um canal no YouTube, onde costumava publicar os trabalhos. Também era escritor e poeta.