Publicidade

Mortos por covid-19 são mais de 16,5 mil na Itália e passam de 10 mil nos EUA

A Itália superou a marca dos 16,5 mil mortos em decorrência da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com a Defesa Civil italiana, são hoje 16.523 óbitos, aumento de 636 ante o divulgado ontem. No total, o país já registrou 132.547 casos de covid-19.

Nos Estados Unidos, o número de infectados chegou em 347.003, segundo compilação da Universidade Johns Hopkins, e em 330.891 de acordo com o Centro de Prevenção e Controle de Doenças do país. A universidade computa até o momento 10.335 mortes em território americano, segundo que 3.048 delas ocorreram no Estado de Nova York, o mais afetado pelo coronavírus.

A Espanha continua como segundo país mais afetado pela covid-19. Segundo governo espanhol, são 135.032 os infectados, com 4.273 casos confirmados nas últimas 24 horas. Já morreram na Espanha 13.055 pessoas por causa da covid-19, um aumento de 637 e relação ao divulgado ontem.

A França registrou nesta segunda-feira, 6, seu recorde de mortes em um período de 24 horas. Foram 605 mortes em hospitais e 228 em casas de repouso, o que elevou o número de vítimas fatais para 8.911. Os contaminados no país são 74.390, 3.912 a mais do que ontem. Os dados foram divulgados pelo governo francês.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES