Publicidade
'Nossa terra'

Mostra Internacional de Cinema debate a cultura e a alimentação em Curitiba

Começa nesta terça-feira (15) a 3ª edição da Mostra Internacional de Cinema ‘Nossa Terra: Cultura e Alimentação’, que acontece até 20 de outubro na Cinemateca de Curitiba. O evento terá terá seis sessões com convidados especiais, profissionais e especialistas engajados à temática da mostra com mediação de Meg Mamede, realizadora e curadora da iniciativa.

A programação 2019 traz cinco documentários e uma animação, produções rodadas no Brasil e em outros países, filmes que têm em comum o olhar cuidadoso e preocupado de seus realizadores com as questões da cultura alimentar, das tradições e usos e costumes.
Ao longo dos dias de mostra será possível ver e discutir temas ligados ao café, à cerveja, ao vinho, ao patrimônio imaterial como saberes ancestrais e os cuidados com a terra.


A programação completa das sessões - debate e convidados (As) de cada noite

15/10 terça-feira às 19 horas — ‘Brava Gente Italiana’
Direção: Sérgio Sbragia e produção de Carlos Moletta (Brasil, 2015) – Documentário de 82min – Livre.

Seguido de debate com:

  • Vander Valduga é docente e coordenador do Mestrado em Turismo da UFPR; docente do Departamento de Turismo da UFPR e professor visitante do programa de Pós-Graduação em Geografia da UFRGS. Bacharel e Mestre em Turismo, Doutor em Geografia e Pós-Doutor em Hospitalidade, pesquisando sempre temas ligados a Vitivinicultura, Alimentação e Turismo. Idealizador e criador do Centro do Patrimônio e Cultura do Vinho - CEPAVIN.
  • Marcelo Empinotti, brasileiro, descendente de avós italianos de origem veneta, Alto Adige e paraibana. Cresceu em ambiente rural, de cultivo e beneficiamento de alimentos, onde o respeito ao território e aos processos tradicionais ditam o ritmo. Atualmente, é cozinheiro responsável pela produção da Salumeria Monte Bello, na Serra da Graciosa em Quatro Barras, e pela cozinha do restaurante Porcadeiro – De Tudo um Porco, em Curitiba. Desenvolve e salvaguarda toda a bagagem relacionada à formação cultural alimentar dessas regiões. Na parte rural, fomenta os processos de cultivo sazonal e beneficiamento dos alimentos, assim como os processos de conservação através da charcutaria regional. No urbano, refresca a memória do paladar local, com propostas de refeições que fazem parte da história da cidade e de seu arredor.

16/10 quarta-feira às 19 horas — ‘Cultura de Engenho: Patrimônio e Resistência’
Direção: Sandra Alves. Pesquisa, roteiro e produção: Gabriella Pieroni (Brasil, 2017) – Documentário de 54min – Livre.
Seguido de debate com:

  • Lai Pereira é trabalhadora do alimento e da cultura. Desde 1995 atua na produção rural e familiar de alimentos, concomitantemente a projetos culturais das mais diversas linguagens. Morou na Itália de 2008 a 2011, onde trabalhou como gerente de loja de uma Salumeria e Enoteca em Florença. Ali compreendeu na plenitude a importância do enraizamento cultural do alimento. Ao retornar para o Brasil, passou a militar pela soberania e cultura alimentar. Atualmente, é proprietária do restaurante Porcadeiro – De Tudo um Porco e da produtora cultural ‘Comida é Cultura’.
  • Sabrina Demozzi é jornalista, mestre em História pela Universidade Federal do Paraná com ênfase em História e Cultura e graduada em Gastronomia pela PUC-Paraná. Desenvolve pesquisas na área da História da Alimentação com ênfase em temas como mídia alimentar, corpo, consumo, gastronomia, culturas alimentares, comunicação, soberania alimentar e direitos humanos. Na área audiovisual atua na pesquisa, criação e planejamento de conteúdos audiovisuais com foco em direitos humanos, transformação social e educação. Tem como foco a produção de conteúdos relacionados à alimentação justa e agroecológica.

17/10 quinta-feira às 19 horas — ‘Petroleum é Nosso: a Ebulição da Cerveja Artesanal no Brasil’
Direção: Luiz Felipe Araújo. Roteiro: Fernando Marés de Souza. Produção da Arte em Cena Filmes junto com a DUM Cervejaria. (Brasil, 2017) – Documentário de 86min – Classificação: 14 anos.

Seguido de debate com:

  • Luiz Felipe Araujo é formado em Comunicação com ênfase em Cinema pela FAAP de São Paulo e é sócio da DUM Cervejaria. Atuando como cervejeiro caseiro iniciou no universo da bebida há alguns anos, o que o fez redescobrir o processo artesanal e uma geração de novos e jovens cervejeiros que buscam a autossuficiência aproveitando o boom do mercado no Brasil e no mundo. Mas ele foi além, não contente em produzir cerveja, extrapolou a brassagens entre amigos e resolveu contar a emblemática história da Petroleum, cerveja criada em Curitiba por ele e os amigos Júlio Moutinho e Murilo Foltran. Desde então segue buscando transmitir em imagens as experiências da DUM.
  • Fernanda Lazzari é engenhara agrônoma e Mestre em Biologia, área de concentração entomologia - pragas de grãos/ produtos armazenados. Iniciou no mundo das cervejas como cervejeira e destiladora caseira. Associada fundadora ACervA-PR e associada ativa da Procerva, promove diversos eventos, concursos de cerveja e hidromel, cursos de degustação, harmonização e análise sensorial. Sommelier de Cervejas pela Associação Brasileira de Sommeliers e juíza National e Mead Judge pelo BJCP. Fernanda é sócia fundadora da cervejaria cigana Morada Cia. Etílica, com cervejas premiadas em concursos nacionais e internacionais.

18/10 sexta-feira às 19 horas - ‘Atum, Farofa & Spaghetti’
Direção e roteiro: Riccardo P. Rossi. Produção: Valdo Mendola (Brasil, 2017) – Documentário de 95min – Livre.

Seguido de debate com:

  • Riccardo P. Rossi nascido em Roma, Rossi é formado em estudos humanísticos. Trabalhou no Cinecittà, o mais famoso complexo de estúdios do cinema italiano. Estudou cinema na Escuela Internacional de Cine y TV em Cuba (EICTV). Teve a oportunidade de trabalhar com o italiano Vittorio Storaro, influente diretor de fotografia da história do cinema vencedor de três Oscars. Vive no Brasil desde 2008, onde dirigiu os documentários ‘Por Fora da Caixa’, ‘Os mestres de Pernambuco’ e ‘Atum, Farofa e Spaghetti’.
  • Michele Dupont é chef de cozinha, profissão que abraçou a partir de sua experiência no Japão onde chegou em 2007. Na época jovem e cheia de sonhos ela resolveu desvendar a cultura da Terra do Sol Nascente não somente através das belas paisagens, mas sobretudo conhecendo a cultura alimentar japonesa. Uma vez apaixonada pelo país ela se dedicou de corpo e alma para entender todo aquele contraste, estudou e se formou. De volta ao Brasil e contrariando o que dizem sobre “amor de temporada não subir a serra” o amor dela pelo Japão atravessou o mundo e a cada dia se torna mais forte, prova disso é o esforço da Mi e seu desejo em divulgar a cultura gastronômica japonesa em todo lugar, dando cursos, consultorias em restaurantes e outras atividades nas quais a alimentação, em especial a nipônica, esteja presente.
  • Vavo Krieck é mestre em Biotecnologia, pós-graduado em chef nacional e internacional pela UP, foi Professor Tutor Curso de Gastronomia e nos Cursos de extensão, graduação e pós-graduação na Universidade Positivo. Atua como chef no Espaço Gastronômico Vavo e Puppi realizando eventos exclusivos e ministrando diversos cursos. Consultor na área de gastronomia, elaboração de cardápios e fichas técnicas. Participante de eventos de gastronomia dos mais variados entre os quais; abertura 23o Salão Paranaense de Turismo, Livro “Segredos dos Chefs”, da Abrasel, Livro Receitas com Pupunha da Embrapa, Elaboração de Finger Food para a abertura do Brasil Sabor no MON, além de aulas shows no Estúdio Bom Gourmet, Petit Bon Gourmet no Estúdio Bom Gourmet, entre tantas outras atividades como participação frequente em programas de televisão como Ver Mais (RIC TV) e Band Mulher (Band).

19/10 sábado às 19 horas — ‘Café, um Dedo de Prosa’
Direção: Maurício Squarisi. Produção: Wilson Lazaretti e Janice Castro (Brasil, 2017) – Animação de 72min – 10 anos.

Seguido de debate com:

  • Maurício Squarisi é roteirista, animador e diretor. Nascido em Campinas-SP no ano de 1959. Co-fundador e co-diretor do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, criado em 1975. Realizou um longa-metragem autoral e 17 curtas-metragens autorais em animação. Realizou outros 206 curtas-metragens em oficinas de animação em diversas regiões do Brasil e exterior, sempre trabalhando com crianças e educadores. Nessas oficinas, um dos objetivos é auxiliar as pessoas a desenvolver sua identidade gráfica.
  • Claudino da Silva Dias é químico, professor, agricultor agroecológico e ativista sócio ambiental. É produtor de café na Bahia onde trabalha acompanhando a transformação do grão semana a semana, produção cujo manejo agrícola manual respeita as pessoas (quem trabalha e quem consome) e, também, o meio ambiente. O cafezal que dá origem ao Café Diamante da Chapada tem cultivo agroecológico e produção orgânica na Chapada Diamantina, Bahia, recebendo o acabamento na Globalway Importex, torrefação de Curitiba, gerenciada por ele.

20/10 domingo às 18horas — ‘I Villani’
Direção: Daniele De Michele. Produção: de Giorgio Magliulo (Itália, 2018) – Documentário de 83’ – Legendado – Livre.

Seguido de debate mediado por Thaisa Sade, Coordenadora da Cinemateca de Curitiba, com a participação de:

  • Meg Mamede é licenciada em História com ênfase em História da Arte, cursou especialização em Gestão e Produção Cultural e fez curso técnico de chef de cozinha. Fundadora do Cultura in Company, é produtora cultural, blogueira, gestora e produtora de conteúdo para mídias sociais e outros suportes. Participou do Comitê Executivo da Cátedra Ozires Silva de Empreendedorismo e Inovação Sustentáveis de 2012 a 2015 retornado em 2019, foi vice coordenadora do Núcleo Paraná da Associação Brasileira de Captadores de Recursos – ABCR de 2013 a 2014. Dedica-se à gestão, produção e curadoria de projetos culturais em Curitiba e região e à pesquisa independente sobre Cinema e Cultura Alimentar. É realizadora e curadora da Mostra Internacional de Cinema ‘Nossa Terra’; Cultura e Alimentação.
  • Alex Barbosa é ator, diretor de vídeo e de teatro com mais de 25 anos de carreira. É também professor de interpretação em diversas escolas de Curitiba - como a Hollywood Film Academy - além de fazer preparação de atores individualmente e dentro de agências, como a DM Atores & Modelos. Sua pesquisa e experiência o tornaram assistente e produtor no Brasil de Bruce Ducat, reconhecido preparador de atores em Hollywood, EUA. Como ator, participou de diversos filmes para TV e publicitários. É jornalista e especialista em Comunicação Audiovisual – ênfase em Cinema, pela PUCPR. É sócio-fundador da Insólito Produções. Com a sócia, Marcelle Tartas, realizam o estado-da-arte nos projetos desenvolvidos.

Esta edição é uma realização do Cultura in Company com produção da Insólito Produções e tem como parceiros Comida é Cultura, Porcadeiro, Slow Food Serra do Mar Paraná, Rádio Cultura Curitiba, Objeto Sim, contando ainda com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura de Curitiba.

Serviço
Mostra de Cinema ‘Nossa Terra’: Cultura e Alimentação (3ª edição)
Onde: Cinemateca de Curitiba (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 - São Francisco).
Quando: de 15 a 20 de outubro de 2019 (de terça a sábado, sessão às 19 horas; domingo, às 18 horas).
Entrada: gratuita e aberta a todos os públicos respeitando a lotação da Sala Groff (104 pessoas) e a classificação de cada obra.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES