Trânsito

Motoboys pedem justiça por morte de colega em acidente com motorista embriagado

(Foto: Reprodução Setran)

Mais de uma centena de motociclistas fazerm um protesto na tarde desta segunda-feira, 10, na Avenida Visconde de Guarapuava com Marechal Floriano  Peixoto, no Centro de Curitiba. Eles pede justiça pela morte do motocicista Rafael Elienai Ribeiro Pinto, de 34 anos, ocorrida na madrugada deste domingo, 9.  Rafael deixa esposa e cinco filhos.  Rafael estava trabalhando com entrega de refeições para uma pizzaria e continuava ao longo da madrugada.

Rafael foi morto por um motorista de um Sandero, que segundo confissão feita a peritos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil, teria furado o sinal vermelho e estava embriagado.  O motorista, que é dentistas, foi preso em flagrante e irá permanecer preso. 

O condutor do Sandero que bateu na moto de Rafael, segundo as informações da Polícia, confessou que estava alcoolizado. Ao fazer o teste etilômetro, constatou-se que ele estava com 0,54 mg/L de álcool no sangue. Em bafômetros, se o nível alcoólico de uma pessoa passar de 0,33 mg/L, qualquer infração cometida pode ser considerada como crime de trânsito.