Transporte coletivo

MP denuncia 16 por desvio de verbas públicas na Operação Riquixá

Operação investiga fraude em licitação do transporte coletivo de Maringá.
Operação investiga fraude em licitação do transporte coletivo de Maringá. (Foto: Aldemir de Moraes / PMM)

O Ministério Público do Paraná, por meio dos núcleos de Guarapuava (Centro-Sul do estado) do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria), apresentou hoje na Justiça denúncia contra 16 pessoas investigadas a partir da Operação Riquixá por desvio de verbas em prejuízo da prefeitura de Maringá. Entre os denunciados, estão cinco agentes públicos (incluindo um ex-prefeito), dois advogados, quatro sócios de uma empresa de engenharia e representantes da concessionária de transporte coletivo de Maringá.

Leia mais no blog Política em Debate