Publicidade
Sindicância

MPF vai investigar intervenção de aliada de Aras na Lava Jato em Curitiba

PGR: intervenção de Aras na Lava Jato abriu crise no Ministério Público Federal
PGR: intervenção de Aras na Lava Jato abriu crise no Ministério Público Federal (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

A corregedora-geral do Ministério Público Federal (MPF), Elizeta Maria de Paiva Ramos, determinou hoje a abertura de uma sindicância para investigar 'diligência' da subprocuradora-feral da República, Lindôra Araújo, no QG da Operação Lava Jato em Curitiba. A decisão atende a pedido de integrantes da força-tarefa, que acionaram a corregedoria depois que Lindôra, nome de confiança do procurador-geral da República, esteve em Curitiba para acessar 'banco de dados' das investigações do escândalo Petrobrás, que originou a Lava Jato, em 2014. Eles acusam a PGR de tentar obter informações e dados da operação 'sem prestar informações sobre a existência de um procedimento instaurado, formalização ou escopo definido'.

Leia mais no blog Política em Debate

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES