Publicidade
Polêmica

Mulher fantasia o filho de escravo e depois diz que não existiu escravidão no Brasil

Mulher fantasia o filho de escravo e depois diz que não existiu escravidão no Brasil
(Foto: Reprodução)

Fotos divulgadas ontem (29 de outubro) nas redes sociais estão dando o que falar. É que uma mãe fantasiou o próprio filho de escravo para uma festa de Halloween, realizada por uma escola particular de Natal (RN). As imagens foram publicadas pela própria mãe, que exaltou a fantasia do filho.

"Quando seu filho absorve o personagem! Vamos abrasileirar esse negócio! #Escravo", publicou a mulher em sua conta no Instagram.

Nas imagens, a criança usa maquiagem para ficar com a pele negra e simular cicatrizes e ferimentos no corpo. Ele veste apenas algumas túnicas brancas e uma faixa na cabeça, além de usar imitações de correntes e grilhões, instrumentos usados na tortura e aprisionamento de escravos.

Pouco depois da postagem, diversos usuários comentaram a foto elogiando a criatividade da mãe e o realismo da fantasia. Não demorou, porém, para começarem as críticas, com usuários classificando o ato como racismo. Até o rapper Marcelo D2 entrou na discussão, compartilhando as fotos do menino e comentando: "Quando você pensa que já viu dde tudo na vida".

Após a repercussão do caso, a mãe voltou ao Instagram para polemizar "um pouco mais". Confira a mensagem que ela escrevem logo abaixo.

 

DESTAQUES DOS EDITORES