Publicidade
Solidariedade

Municípios do Litoral fazem campanha de donativos para Guaraqueçaba

(Foto: Ascom/PM de Paranaguá)

A Prefeitura de Paranaguá, por meio da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, se mobiliza e pede o apoio da população para a doação de roupas, colchões, material de higiene pessoal, água em copos ou galões e mantimentos não perecíveis para as vítimas do temporal que atingiu Guaraqueçaba no final de semana.

Com o objetivo de prestar solidariedade e colaborar com a necessidade dos afetados a Defesa Civil, em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, Secretaria Municipal de Assistência Social, além do Provopar, promovem este ato de arrecadação.

São várias famílias que enfrentam problemas, permanecendo temporariamente desalojadas e desabrigadas após perda parcial ou total de suas moradias.

As doações poderão ser encaminhadas ao ginásio municipal de esportes Dr. "Joaquim Tramujas" no Centro Histórico de Paranaguá em horário comercial a partir desta segunda-feira, 7.

A Prefeitura por meio da equipe da Defesa Civil estará fazendo o envio dos donativos em auxílio as vítimas. As fortes chuvas atingiram pelo menos 450 famílias que perderam praticamente tudo.

A Prefeitura de Municipal de Guaratuba também se mobiliza e pede o apoio dos guaratubanos para a doação de roupas, colchões, material de higiene pessoal, material de limpeza, roupa de cama, água em copos ou galões e mantimentos não perecíveis.

São várias famílias que enfrentam problemas, permanecendo temporariamente desalojadas e desabrigadas após perda parcial ou total de suas moradias.

As doações poderão ser entregues a partir desta segunda-feira (7), no CRAS na Av. 29 de Abril, nº 656, Centro.

O Governo do Paraná envia nesta segunda-feira (7) uma série de materiais e produtos para apoiar as famílias de Guaraqueçaba, no Litoral do Estado, afetadas pelas fortes chuvas deste fim de semana. A Coordenação Estadual de Proteção e Defesa Civil envia 100 conjuntos dormitórios, com colchões, travesseiros, fronhas e lençóis, que serão doados primordialmente para as famílias que estão nos abrigos públicos. Também serão enviados alimentos, materiais de higiene e de limpeza.

No município, 65 pessoas estão desabrigadas e 12 casas foram danificadas pelo temporal. “Durante todo o fim de semana acompanhamos a situação e monitoramos as áreas de risco. Com o apoio das equipes municipais organizamos os abrigos para receber as famílias desabrigadas”, explicou a tenente Cassandra Costa, do setor operacional da Defesa Cvil.

Em Paranaguá, quatro residências sofreram avarias e com isso seis pessoas ficaram desalojadas. A Defesa Civil concentrou os esforços para auxiliar na acomodação das famílias e monitoramento dos índices pluviométricos. “Foi consequência do volume de chuvas, mas por hora não há novos riscos”, informou a tenente.

ACUMULADO - De sexta-feira a domingo (4 a 6) o acumulado de chuva foi de 200,2 milímetros. O pico foi no sábado (5).

Para garantir a segurança, a equipe de geólogos da Defesa Civil irá ao Litoral para acompanhar de perto as áreas de maior risco. “O monitoramento é constante e como ainda há água acumulada decidimos pela avaliação no local”, contou a tenente.

Além do Litoral, houve casos de alagamento e vendaval em Guairaçá e em Londrina.

PREVISÃO - As chuvas devem voltar ao Llitoral nesta segunda-feira, em pancadas isoladas. Segundo a previsão do Simepar, os termômetros variarão de 23 a 32 graus em Paranaguá e 27 à 29º C em Matinhos.

DESTAQUES DOS EDITORES