Publicidade
Entrevista

Muricy fala sobre Atlético, Coritiba, Paraná e a Copa 2018

Cartaz do evento com Muricy e Denilson, em Curitiba
Cartaz do evento com Muricy e Denilson, em Curitiba (Foto: Reprodução/twitter.com/muricyramalho6)

O ex-técnico Muricy Ramalho, tetracampeão brasileiro, estará em Curitiba neste domingo (dia 6) para um talk show na Ópera de Arame, junto com o ex-jogador Denilson. Em entrevista para o Bem Paraná, Muricy, 62 anos, falou sobre o Atlético Paranaense, o Coritiba e o Paraná Clube. O comentarista do Sportv também comentou sobre a seleção de Tite e a Copa do Mundo de 2018.

Bem Paraná – Que avaliação faz de Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná Clube em 2018?
Muricy Ramalho – O Atlético sai na frente. É um time muito forte, com bons jogadores e estrutura excelente. E tem um treinador que teve tempo para trabalhar. Não adianta contratar o Diniz e não dar tempo. O Atlético jogou com time alternativo a competição local e deu esse tempo. Já o Coritiba está se reestruturando, trocou de treinador. E, com certeza, é um time grande e tem tudo para voltar à primeira divisão. O Paraná voltou à primeira divisão. Está tendo um pouco de dificuldade no começo. Tem muita dificuldade em relação ao investmento, que é muito difertente dos demais. Mas tem uma boa base e vem fazendo um bom trabalho há tempo. Espero que o Paraná fique na primeira divisão, porque é um time que tem história. 

BP – E a Copa do Mundo de 2018? É possível apontar um favorito principal?
Muricy - Apontar um favorito é complicado. Tem vários... Brasil, Alemanha, França e Espanha, que pra mim é um time fortíssimo. A Argentina, mesmo não estando bem, pode complicar. E aí vem as zebras mais próximas, tipo a Bélgica. 

BP – Em relação à parte tática, é possível esperar novidades na Copa 2018?
Muricy – Em relação a esquemas táticos não acho que tem tanta novidade, não. A maioria joga no 4-2-3-1. Algumas vão usar o 3-5-2. O que vai ter novidade, com certeza, é que será um jogo muito compactado, com linha muito curta de jogo, com muita intensidade, nuita pegada e muita velocidade quando você tem a bola.

BP – E a seleção de Tite? Tem algo a melhorar ou está totalmente pronta para a Copa?
Muricy - Sempre tem algo pra melhorar. Taticamente já está definido, com 4-3-3 e depois 4-1-4-1. Agora, que ele vai ter tempo para treinar, vai trabalhar mais jogadas ensaiadas, nas bolas paradas, escanteios, faltas, contra e a favor. Tem que melhorar um pouco porque, até agora, não teve tempo para treinar.

BP – E quais os planos de Muricy para o futuro?
Muricy - Tenho contrato com Sportv e a Rede Globo até a Copa do Mundo. Estou gostando. É uma situação diferente. Estou aprendendo muitas coisas, um ambiente excelente. Estou fazendo o que eu gosto, mas a gente nunca sabe o futuro. Fui pra Europa aprender a parte administritiva, quem sabe pra ser coodernador no futuro. Estou feliz no que estou fazendo. Pode ser que eu continue na TV, sim. 

BP - O que Curitiba pode esperar do talk show de Muricy e Denilson?
Muricy - O público de Curitiba pode esperar histórias que a gente não podia contar naquela época. Coisas de bastidores, dentro de vestiário. Tem histórias muito sérias, como Copa do Mundo, e muita coisa engraçada, principalmente contada pelo Denilson. Tenho certeza que vocês vão gostar.

SERVIÇO
“Aqui é trabalho e muita resenha”
Local: Ópera de Arame
Data: 6 de maio
Horário: 19h
Vendas: www.diskingressos.com.br

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES