Publicidade
Na final

Na prorrogação, veteranos da Croácia vencem os novatos da Inglaterra

Na prorrogação, veteranos da Croácia vencem os novatos da Inglaterra
Mandzukic, 32 anos, comemora gol sobre a Inglaterra (Foto: Reprodução/Twitter/FifaWorldCup)

A Croácia está na final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. A vaga foi garantida nessa quarta-feira (dia 11), com a vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, na prorrogação, após empate em 1 a 1 no tempo normal. 

A final entre Croácia e França será domingo, ao meio-dia (horário de Brasília). 

No tempo normal, o gol da Inglaterra foi marcado pelo lateral Trippier, que vem jogando na ala-direita, em cobrança de falta. A Croácia empatou com o atacante Perisic, 29 anos, aos 23 minutos do segundo tempo. Na prorrogação, o centroavante Mandzukic, 32 anos, fez o gol croata. 

Essa foi a terceira prorrogação seguida disputada pela Croácia. 

Entre as 32 seleções da Copa, só duas conseguiram escalar times (média dos 11 titulares) mais jovens que a Inglaterra na competição: a França (24,6 anos) e a Nigéria (25,1). Os ingleses entraram em campo nessa quarta-feira com média de 25,7 anos. A Croácia, por exemplo, usou um time com média de 29,5 anos nessa semifinal. É uma das oito equipes mais experientes da Copa 2018.

A Inglaterra é a seleção com mais gols de bola parada na Copa. Dos 12 gols, nove foram em escanteios, faltas e pênaltis. Apenas três ocorreram com a bola rolando.

Já a Croácia é o segundo time com mais gols com a bola rolando nessa Copa, com nove, atrás apenas da Bélgica (10). 

CROÁCIA 2 X 1 INGLATERRA
CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pivaric); Rakitic, Brozovic, Rebic (Kramaric), Perisic e Modric (Badelj); Mandzukic (Corluka)
Técnico: Zlatko Dalic
INGLATERRA: Pickford; Walker (Vardy), Stones e Maguire; Trippier, Dele Alli, Henderson (Dier), Lingard e Young (Danny Rose); Sterling (Rashford) e Harry Kane
Técnico: Gareth Southgate
Gols: Perisic, aos 23 do segundo tempo, e Mandzukic, aos 2 do segundo tempo da prorrogação (Croácia); Trippier, aos 5 do primeiro tempo (Inglaterra)
Cartões amarelos: Mandzukic, Rebic (Croácia); Walker (Inglaterra)
Árbitro: Cuneyt Cakir (Turquia)
Auxiliares: Bahattin Duran e Tarik Ongun (ambos da Turquia)
Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)

DESTAQUES DOS EDITORES