Publicidade

Paraná está na zona de rebaixamento do 2º turno

No primeiro turno, um terceiro lugar com 36 pontos em 19 partidas – aproveitamento de 63,16%. No segundo turno, nove pontos em nove partidas – aproveitamento de 33,3%. E a má sequência já custou ao Paraná Clube seu lugar no G4 da Série B. Agora, a palavra de ordem é recuperação para que o sonho do retorno às Primeira Divisão acabe em decepção.

Acredito e confio que o grupo pode dar a resposta já neste jogo contra o Ceará, no sábado", afirmou Dado Cavalcanti após a derrota do Tricolor na terça-feira (8), por 4 a 1 contra o América-RN. Para que a equipe consiga os três pontos em Fortaleza, o treinador irá mudar a equipe. "Aqueles jogadores do grupo que vem fazendo seu trabalho, sem alarde, terão papel fundamental para nossa sequência. Vamos conversar muito e ir atrás dos resultados", diz o comandante.

Na ZR

A queda de rendimento no segundo turno tirou o Paraná do G4. Agora, a equipe paranaense aparece na quinta colocação, um ponto atrás do Sport e dois atrás do Avaí. Uma queda de produção surpreendente, ainda mais para uma equipe que encerrou o turno com cinco pontos de vantagem para o quinto colocado.

Com o aproveitamento de apenas 33,3%, o Paraná aparece entre os quatro piores times do segundo turno. Apenas o ASA, o Boa Esporte e o São Caetano possuem campanha inferior a do Tricolor nas últimas nove rodadas. O Ceará, próximo adversário, é o líder do returno: foram 21 pontos em nove jogos, aproveitamento de 77,78%. Jogando em casa, a equipe cearense, que está na sexta colocação e apenas um ponto atrás do Paraná, não sabe o que é perder há sete partidas.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES