Nalbandian anuncia aposentadoria do tênis aos 31 anos

O argentino David Nalbandian anunciou nesta terça-feira a sua aposentadoria do tênis aos 31 anos. Vice-campeão de Wimbledon em 2002, o agora ex-jogador explicou que tomou a decisão por causa das seguidas lesões. Afastado das quadras desde março, ele passou por cirurgias no quadril e no ombro em maio, mas elas não foram suficientes para deixá-lo apto a jogar novamente. "É um dia muito difícil, estou super agradecido ao esporte", disse.

Nalbandian fez o anúncio da sua aposentadoria numa entrevista em que explicou que a partida de exibição contra o espanhol Rafael Nadal, agendada previamente para 23 de novembro na Argentina, marcará o encerramento da sua carreira. "Vou estar muito bem para a exibição", afirmou, sobre a partida em Córdoba.

Na sua carreira, Nalbandian conquistou 11 títulos, sendo o último deles em 2010, quando foi campeão do Torneio de Washington. E a sua principal conquista foi em 2005 ao vencer a Masters Cup - atualmente chamada de ATP Finals -, então realizada em Xangai. Além disso, ele foi campeão de dois Masters 1000, ambos em 2007, em Madri e Paris.

Ele também foi um dos grandes nomes da Argentina em três vice-campeonatos da Copa Davis, em 2006, 2008 e 2011. Além disso, Nalbandian foi vice-campeão de 13 torneios, sendo o último deles em fevereiro, o Brasil Open, disputado em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, em que foi derrotado pelo espanhol Rafael Nadal na decisão.

Outro desses vice-campeonatos, foi marcado por uma polêmica. Em 2012, a final do Torneio de Queen's acabou sendo encerrada após o argentino chutar uma placa publicitária depois de perder um ponto, acertando um juiz de linha, que ser feriu em razão do incidente.

Nalbandian chegou a ser o número 3 do mundo, mas vinha tendo o seu desempenho atrapalhado nas últimas temporadas pelo excesso de lesões. Assim, a sua última partida oficial foi a derrota para o finlandês Jarkko Nieminen na primeira rodada do Masters 1000 de Miami, no dia 21 de março. Por isso, está apenas em 231ºlugar no ranking da ATP.