No Couto Pereira

‘Não estou vestindo a camisa da Série B, e sim a do Coritiba’, diz lateral

O lateral Romário
O lateral Romário (Foto: Reprodução de vídeo / Gazeta Esportiva)

O lateral-esquerdo Romário, contratado neste ano pelo Coritiba, falou sobre os motivos pelo qual aceitou defender  o clube – que neste ano vai disputar a Série B – em vez de ficar no Cuiabá (MT), com o qual conseguiu o acesso à primeira divisão na última temporada.

“As pessoas julgam 'ah, mas vai jogar a Série B', e às vezes não entendem que não estou vestindo a camisa da Série B, e sim a do Coritiba”, disse Romário, em vídeo divulgado nesta sexta-feira (9) pela Gazeta Esportiva.

Segundo Romário, a camisa coxa-branca tem muito peso contexto do futebol nacional. “Aceitei o projeto porque a camisa do Coritiba é pesada demais. E você poder fazer parte de um clube desse tamanho é algo que me chamou muito a atenção”, afirmou ele. “Eu gosto muito de desafios, e o desafio de reconstruir o Coxa era muito maior do que continuar no Cuiabá”.

Curiosamente, o lateral conseguiu três acessos à primeira divisão nacional. Em 2016, ele estava no Atlético-GO. No ano seguinte, subiu com o Ceará. Na Série B de 2020, defendia o Cuiabá.

Neste ano, Romário defendeu o Coritiba em três partidas, sendo uma pelo Estadual – 2 a 1 sobre o Maringá – e duas pela Copa do Brasil, nos triunfos sobre URT-MG (1 a 0) e Operário de Ponta Grossa (3 a 2).