NBA adia partida entre Timberwolves e Nets após incidente policial em Minnesota

A rodada de segunda-feira da temporada regular da NBA teve um jogo adiado, mas não foi por causa de casos de covid-19 em jogadores ou membros de comissões técnicas das equipes como aconteceu inúmeras vezes nos últimos meses. O duelo entre Minnesota Timberwolves e Brooklyn Nets, em Minneapolis, não aconteceu na data prevista em respeito à tragédia policial que resultou na morte de um civil na região metropolitana da cidade do estado de Minnesota, no norte dos Estados Unidos.

Daunte Wright, cidadão afro-americano de 20 anos, foi assassinado a tiros por policiais na noite de domingo. Relatos indicam que o jovem sofreu um tiro após ser parado pela polícia em um farol de trânsito. "A decisão pelo adiamento foi feita pela NBA depois de uma consulta com a organização dos Timberwolves e as autoridades locais e estaduais", disse o comunicado oficial da liga.

"Nossos sentimentos continuam com a família e os amigos de Daunte Wright em meio à estes tempos difíceis", finalizou a NBA. Wright foi baleado a cerca de alguns quilômetros da região em que George Floyd foi morto em maio do ano passado, causando diversos protestos e manifestações civis ao redor do país e do mundo.

"Acreditamos que o adiamento da partida contra o Brooklyn Nets tenha sido a melhor decisão", declarou a equipe dos Timberwolves em nota oficial.

A MLB (liga profissional de beisebol, onde joga o Minnesota Twins) e a NHL (liga de hóquei no gelo, com o Minnesota Wild) também anunciaram que as suas partidas que aconteceriam na região de Minneapolis foram remarcadas.