Em Curitiba

No Dia Nacional da Araucária, casal planta muda para o filho que vai nascer

O casal de comerciantes Emanoele de Fátima Pereira de Carvalho e Lucas Matheus Shiga Nonatto, que esperam para dezembro o primeiro filho, dedicou ao bebê o plantio da futura árvore.
O casal de comerciantes Emanoele de Fátima Pereira de Carvalho e Lucas Matheus Shiga Nonatto, que esperam para dezembro o primeiro filho, dedicou ao bebê o plantio da futura árvore. (Foto: Divulgação)

Habituados a distribuir mudas de árvores à comunidade e a plantar nos canteiros livres da sede da Administração Regional da CIC, os servidores do local se emocionaram na manhã desta sexta-feira (24/6), Dia Nacional da Araucária. Eles assistiram ao casal de comerciantes Emanoele de Fátima Pereira de Carvalho e Lucas Matheus Shiga Nonatto, que esperam para dezembro o primeiro filho, dedicar ao bebê o plantio da futura árvore.

“É um pedaço da nossa história que fica aqui”, disse Manu, a gestante, convidada com o marido para o plantio. Há quatro anos, os dois estão à frente da banca de pastéis instalada perto da regional, onde são queridos pela comunidade. “Quando nos organizamos para plantar a araucária, como fazemos todos os anos entre os nossos colegas, logo nos lembramos desse casalzinho querido, da simbologia envolvendo as duas vidas que se desenvolvem. Foi lindo”, contou a coordenadora técnica da Administração Regional da CIC, Maria Izabel de Paula.

Cuidando do futuro

Manu e Lucas se ausentaram por alguns momentos da banca e, auxiliados pela equipe da regional, foram os primeiros a iniciar o plantio, colocando a muda no berço previamente aberto no solo.

“Como estamos perto, vamos sempre dar uma olhadinha na nossa árvore, para ver se está crescendo saudável como será o nosso filho”, observou Manu, que ainda não sabe se espera um menino ou uma menina. “A gente só sabe que vai ser o nosso presente de Natal”, disse.

Desde o início do desafio do projeto 100 Mil Árvores, no Dia da Árvore (21/9) de 2019, a Regional CIC distribuiu à comunidade  e plantou em seus canteiros cerca de 3 mil mudas de árvores nativas, entre ornamentais e frutíferas.