Hospital de Clínicas

No Paraná, 850 pessoas se inscreveram para teste da vacina contra o coronavírus

Em quase 10 dias, 850 pessoas se inscreveram junto ao Hospital de Clinicas (HC), da Universidadde Federal do Paraná (UFPR), para testarem o CoronaVAc, uma das vacinas contra o coronavírus em testes pelo mundo. Ainda conforme a instituição, outras 21 estariam em uma lista de espera. O HC é uma das 12 instituições brasileiras que serão responsáveis pelos testes da fase 3, em humanos, da CoronaVac, uma vacina produzida na China contra o novo coronavírus entre as mais promissoras contra o novo coronavírus, em todo o mundo.A testagem deve começar no dia 3 de agosto.

No Brasil, a pesquisa é coordenada pelo Instituto Butantan e no HC é liderada pela médica infectologista Sônia Raboni, que concedeu entrevista coletiva nesta terça (21), junto com Claudete Reggiani , superintendente do Complexo Hospital de Clinicas. No Paraná, a vacina será testada em 852 voluntários, todos trabalhadores da linha de frente do combate ao Covid-19.

No dia 21 de julho, quando o HC anunciou a testagem e abriu as inscrições pelo site do Insitituto Butantan, havia 100 inscritos para o Paraná. Os testes devem começar no dia 3 de agosto e a pesquisa deve durar 16 meses. No Brasil todo, 9 mil voluntários participarão da pesquisa, que já tem o sinal verde da Anvisa.

Centros de saúde

Além do Hospital de Clínicas da UFPR, outros onze centros de saúde do Brasil auxiliarão a pesquisa, testando o produto em larga escala. No estado de São Paulo, participarão o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, o Hospital Israelita Albert Einstein, a Universidade Municipal de São Caetano do Sul, o Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e o Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina da USP, de Ribeirão Preto.

Em outros estados, haverá a colaboração do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro, do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos da Universidade Federal de Minas Gerais e do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul, além do Hospital Universitário de Brasília, no Distrito Federal. 

Mais informações para quem quer se candidatar a ser voluntário na pesquisa da CoronaVac no Paraná  no email: sinovac@hc.ufpr.br e pelo whatsapp (41) 98522-5146.