Publicidade
Balanço

No Paraná, metade das mortes em BRs no feriado foi atropelamento

Operação da PRF no feriado: atropelamentos em destaque
Operação da PRF no feriado: atropelamentos em destaque (Foto: Divulgação/PRF)

Das seis mortes registradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no feriado da Proclamação da República deste ano, três ocorreram em atropelamentos. Outras duas, em uma colisão frontal. E a restante, em uma colisão transversal. Os casos de atropelamento estão entre as principais consequências em acidentes de trânsito. Ao longo deste ano, até esta segunda-feira (18), foram 209 ocorrências no Paraná.

O número é semelhante ao verificado no mesmo período do ano passado, quando foram 212 casos no Estado, segundo o sistema de dados do Corpo de Bombeiros do Paraná. No último domingo foi o dia em homenagem às vítimas de trânsito.

No balanço da PRF, o feriado ainda contabilizou, além das seis mortes, 104 pessoas feridas em 95 acidentes atendidos. Outros 101 casos de embriaguez ao volante foram registrados.

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) também divulgou seu balanço do feriado. Em quatro dias de feriado prolongado, foram 57 acidentes, com 48 pessoas feridas e três óbitos. O resultado é inferior ao que foi registrado no mesmo feriado do ano passado – que teve um dia a mais do que este ano, quando foram 87 acidentes, 77 feridos e cinco mortes. A redução de acidentes chegou a 34,4% e o número de mortos caiu 40%.

Campanha
O respeito aos pedestres também é uma campanha que a Prefeitura de Curitiba desenvolve neste fim de ano, quando mais pessoas circulam pelas ruas da cidade por causa das compras e eventos de Natal. Até o Natal, agentes de trânsito da Superintendência de Trânsito (Setran) espalhados por diversos pontos movimentados da cidade têm a missão de reforçar, entre os motoristas, a obrigação de respeito ao pedestre.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES