Publicidade
Pandemia

No Paraná, sobem para 213 as cidades com casos de Covid-19

Ontem, Secretaria de Saúde confirmou mais 114 casos e três mortes
Ontem, Secretaria de Saúde confirmou mais 114 casos e três mortes (Foto: Ari Dias/AEN)

O boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná de ontem mostrava que os casos do novo coronavírus já estavam presente em 213 municípios paranaenses. Nas últimas semanas, é verificado um rápido avanço da doença no Estado. No dia 23 de abril, eram 112 municípios com confirmação da doença, o que equivalia a 28% dos 399 municípios do Paraná, e subiu para 176 no dia 16 de maio — 44,1% — e agora chegou às 213 cidades, elevando o porcentual para 53,3%.
Com relação às mortes, 59 dias separam o primeiro registro de óbito pela Covid-19 até o 153º paciente que morreu em decorrência da doença, segundo o boletim de ontem. Essa quantidade de pessoas que perdeu a vida pela infecção causada pelo novo coronavírus representa aproximadamente 2,7 óbitos por dia. 59 cidades do Estado têm ao menos um registro de morte em decorrência da infecção. A média de idade das pessoas que perderam a vida em decorrência da Covid-19 é de 68 anos.
Os três óbitos informados ontem, são de dois homens e uma mulher. Uma paciente, de 56 anos, que residia em Santa Mariana foi a óbito no sábado. Um homem que morava em Braganey, de 62 anos, também morreu no sábado e o outro homem, tinha 74 anos e residia em Francisco Beltrão na quinta-feira.
Até ontem, 238 pacientes com diagnóstico confirmado para Covid-19 estavam internados —164 em leitos pelo SUS (sendo 58 UTI e 106 leitos clínicos) e 68 na rede privada (sendo 33 UTI e 35 em leitos clínicos).
O secretário de Saúde, Beto Preto, avalia a situação. “Estamos em amplo crescimento de pessoas com a doença. Peço à população que compreenda e participe conosco no enfrentamento ao novo coronavírus. Embora alguns locais estejam abertos, tenham a consciência do risco que se colocam ao deixar a sua casa para alguma atividade fora. Reforço, somente saia em extrema necessidade.”
Taxa de incidência — Analisando a Taxa de Incidência da Covid-19 por 100 mil habitantes nos municípios paranaenses, verifica-se que entre os municípios com caso confirmados, 87 apresentavam taxas superiores a estadual (27,1) e as 10 maiores estavam nos municípios de Santo Antônio de Caiuá (795,2), Mirador (632,6), São João do Caiuá (580,7), Tamboara (468,8), Amaporã (287,7), Santa Mônica (226,1), Planaltina do Paraná (211,1), Ibema (204,7), Santa Isabel do Ivaí (151,8) e Marilena (141,3).
São municípios cuja população varia entre pouco mais de 2 mil habitantes a 8,5 mil moradores. Os dados foram analisados pelo escritório do Dieese no Paraná, com base no boletim da Secretaria de Estado da Saúde do dia 23 de maio. Naquele dia, 209 municípios já tinham registro de pelo menos um caso de Covid-19. Ontem este número subiu para 213.
O Paraná possuia no dia 23 uma Taxa de Incidência por 100 mil habitantes de 27,1, com 3.099 casos registrados, bem abaixo da nacional que é de 157,5, com 330.890 casos registrados, já o município de Curitiba tinha uma taxa de 38,8, com um total de 751 casos, portanto, acima da estadual.
Casos — A Secretaria de Estado da Saúde confirmou mais 114 casos de Covid-19 e três óbitos, ontem. Acumulado, o número de pacientes chega a 3.212 e 153 mortes . Na média, são 43,4 novos contaminados pelo vírus Sars-CoV-2 por dia.

Total de óbitos no Brasil chega a 22.666 casos
O total de mortes no Brasil por causa do novo coronavírus foi a 22.666 casos, segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado ontem. Foram 653 novas ocorrências confirmadas.
Também foram confirmadas mais 15,813 novos casos da doença, elevando para 363.211 o total de pacientes desde o início da pandemia.
O boletim ainda traz que 149.911 pessoas já se recuperaram da infecção e 190.634 estão em acompanhamento no momento.
No mundo, até ontem às 20 horas, eram 5.375.648 pessoas infectadas e 343.721 mortes em decorrência da doença. 2.149.412 de pacientes estavam recuperadas.
Os EUA seguiam como o país com mais casos (1.675.195) e mortes (97.986).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES