Publicidade

Norris festeja o primeiro pódio e Leclerc não tem palavras após o segundo lugar

O primeiro pódio ninguém esquece. Por isso, o GP da Áustria sempre será lembrado pelo inglês Lando Norris que levou sua McLaren para o terceiro lugar na primeira corrida da temporada. O piloto foi beneficiado pela punição de cinco segundos imposta ao tempo final do compatriota Lewis Hamilton, da Mercedes, que terminou em segundo, mas caiu para o quarto posto.

"Estou sem palavras. Eu dei tudo que podia, principalmente nas últimas voltas. Conseguimos um resultado expressivo, graças ao enorme trabalho feito pela equipe nos últimos tempos", disse o piloto de 20 anos. "A qualidade do nosso time nos garante sucesso em um futuro próximo."

O desempenho da McLaren de Norris realmente impressionou ao terminar apenas cinco segundos atrás do vencedor da prova, o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, apesar da bandeira amarela no fim da prova, que aglomerou os carros na pista. Carlos Sainz, seu companheiro de equipe, acabou na quinta colocação.

O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, foi outro piloto muito feliz com o desempenho de seu carro. "Não esperava. Foi uma surpresa, mas uma surpresa muito positiva", afirmou o piloto, de 22 anos, com duas vitórias e sete poles na carreira. "Apesar de termos tido sorte com a punição de Hamilton, fiquei satisfeito por não cometermos nenhum erro."

Enquanto Leclerc vibrou com o segundo lugar, o alemão Sebastian Vettel, seu companheiro na escuderia italiana, terminou apenas em décimo. O piloto não permanecerá em Maranello na próxima temporada e ainda não tem um cockpit para sentar no ano que vem.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES