Publicidade
Campeonato Paranaense

Nos Estaduais, quem consegue superar a média de gols de Rodrigão, do Coritiba?

Rodrigão comemora gol no jogo em Cianorte
Rodrigão comemora gol no jogo em Cianorte (Foto: Divulgação/Coritiba)

O centroavante Rodrigão tem a impressionante média de um gol por jogo no Campeonato Paranaense de 2019. Foram quatro nas quatro partidas que disputou na competição.

Para ter uma noção dessa marca, o Bem Paraná pesquisou os dez principais campeonatos estaduais de 2019 para encontrar números parecidos. E encontrou dois artilheiros que superam Rodrigão.

Nessa pesquisa, foi considerado o limite mínino de três gols marcados. Não foram considerados, portanto, casos de jogadores que marcam dois gols em uma partida e não atuam mais na competição.

Dentro desses critérios, a melhor média nesses Estaduais é do centroavante Ricardo Oliveira, do Atlético-MG, com 1,6 gols por jogo (foram cinco em três partidas).

A segunda melhor média é do ponta João Neto, 34 anos, do Atlético, de Alagoinhas (BA), com oito gols em sete jogos no Baiano 2019 (média de 1,14). Com isso, Rodrigão fica com a terceira média nos Estaduais.

AS MAIORES MÉDIAS DE GOLS NOS PRINCIPAIS ESTADUAIS DE 2019

Considerando apenas jogadores com mais de três gols na competição

Estadual

Jogador

Clube

Média

Gols

Jogos

Mineiro

Ricardo Oliveira

Atlético-MG

1,67

5

3

Baiano

João Neto

Atlético-BA

1,14

8

7

Paranaense

Rodrigão

Coritiba

1,00

4

4

Carioca

João Carlos

Volta Redonda

0,87

7

8

Mineiro

Alerrandro

Atlético-MG

0,83

5

6

Cearense

Edson Carius

Ferroviário

0,81

9

11

Gaúcho

Pepe

Grêmio

0,80

4

5

Pernambucano

Erikys

Flamengo-PE

0,80

4

5

Mineiro

Fred

Cruzeiro

0,80

4

5

OS ARTILHEIROS DOS PRINCIPAIS ESTADUAIS DE 2019

Estadual

Jogador

Clube

Gols

Jogos

Cearense

Edson Cariús

Ferroviário

9

11

Baiano

João Neto

Atlético-BA

8

7

Paulista

Jean Mota

Santos

7

10

Gaúcho

Rafael Gava

Caxias

6

9

Goiano

Alan Mineiro

Vila Nova

6

10

Catarinense

Hélio Paraíba

Brusque

6

10

Carioca

João Carlos

Volta Redonda

7

8

Mineiro

Ricardo Oliveira

Atlético-MG

5

3

Paranaense

Rodrigão

Coritiba

4

4

Pernambucano

Erikys

Flamengo-PE

4

5


Desde que chegou ao Coritiba, Rodrigão já somou cinco gols em cinco jogos. Também fez gol na única partida da equipe na Copa do Brasil – derrota por 3 a 2 para a URT. O centroavante só não marcou no empate em 0 a 0 com o FC Cascavel, pela semifinal da Taça Barcímio Sicupira. Nos outros quatro jogos, marcou um gol em cada adversário (Operário, URT e Toledo) e dois no Cianorte.

O desafio do jogador, agora, é manter essa média. No entanto, poucos jogadores conseguem. O artilheiro do Paranaense 2018, por exemplo, foi o atacante Ederson, do Athletico, com nove gols em 16 jogos (0,56). Em 2017, o goleador foi Kleber Gladiador, do Coxa, com 11 gols em 13 partidas (0,84). Em 2016, o mesmo Kleber terminou como artilheiro e superou a média de um por jogo: foram 13 gols em 12 jogos (média de 1,1 por partida).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES