Nos EUA, gastos com consumo sobem 0,5% em outubro e renda pessoal cai 0,7%

Os gastos com consumo nos Estados Unidos subiram 0,5% em outubro ante setembro, segundo dados com ajustes sazonais publicados nesta quarta-feira pelo Departamento do Comércio. O resultado veio acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam acréscimo de 0,3%. Já a renda pessoal caiu 0,7% no período, recuo maior do que a estimativa, que era de baixa de 0,1%.

A pesquisa também mostrou que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) - medida de inflação preferida do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) ficou estável em outubro ante setembro.

O núcleo do PCE, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, também ficou estável no período, ficando em linha com a projeção de analistas.

Na comparação anual, o PCE e seu núcleo tiveram respectivas altas de 1,2% e 1,4% em outubro.