Publicidade
Duelo paranaense

Nos pênaltis, Londrina elimina o Paraná Clube da Copa do Brasil

Germano, do Londrina, passa pela marcação de Alesson, do Paraná Clube
Germano, do Londrina, passa pela marcação de Alesson, do Paraná Clube (Foto: Divulgação/LEC/Gustavo Oliveira)

O Paraná Clube está fora da Copa do Brasil de 2019. A eliminação ocorreu nessa terça-feira (dia 19) à noite, com a derrota para o Londrina na decisão por pênaltis por 5 a 4, no Estádio do Café, pela segunda fase. O placar acabou em 1 a 1 no tempo normal. Na segunda fase, a disputa ocorre em jogo único e o mando de campo é definido por sorteio.

Na terceira fase, o Londrina vai enfrentar quem avançar no confronto entre Tombense-MG x Botafogo-PB. A disputa será em dois jogos, em ida e volta. As datas ainda não foram definidas pela CBF.

O Paraná deixa a Copa do Brasil com R$ 1,15 milhão acumulado em cotas (R$ 525 mil por participar da primeira fase e mais R$ 625 mil pela segunda). Se tivesse eliminado o Londrina, chegaria a R$ 2,6 milhões, já que a terceira fase paga R$ 1,45 milhão.

Essa foi a primeira vez na história da Copa do Brasil, criada em 1989, que dois clubes paranaenses se enfrentaram na competição.

Clique aqui para ver uma análise do desempenho individual dos jogadores do Paraná.

PENALIDADES
Conveteram as penalidades do Paraná o quarteto Sueliton, Jenison, Fernando Neto e Eder Sciola. O lateral Guilherme Santos chutou para fora. O meia Jhemerson e volante Luiz Otavio mandaram as cobranças na trave.

Pelo lado do Londrina, acertaram o quinteto Germano, Marcelinho, Luquinha, Anderson Oliveira e Augusto. O zagueiro Silvio e o volante Rômulo chutaram para fora.

FATOR CAMPO
O Londrina só tem uma vitória em casa em 2019 (sobre o Rio Branco). Nos outros três jogos como mandante, duas derrotas (Paraná e FC Cascavel) e um empate (Paraná).

O Paraná está invicto fora de casa em 2018, com três empates (com Toledo, Maringá e Londrina) e duas vitórias (Itabaiana e Londrina).

ARTILHEIRO
No tempo normal, o gol do Paraná foi do atacante Jenison, artilheiro do time no ano, com cinco gols em oito jogos.

TÉCNICO
Foi o 17º jogo do técnico Dado Cavalcanti no Paraná Clube, desde que retornou ao clube, em outubro de 2018. Agora ele soma quatro vitórias, sete empates e seis derrotas.

ESCALAÇÃO
O Paraná Clube não tinha o atacante Rodrigo Carioca e o meia Maicosuel, lesionados. Outro desfalque era o ponta Andrey, suspenso. A novidade na escalação foi o ponta Caio Rangel (ex-Juventude), titular pela primeira vez. O esquema tático foi o 4-2-3-1, com Higor Leite (centro), Alesson (esquerda) e Caio Rangel (direita) na linha de três.

PRIMEIRO TEMPO
O Paraná tentou jogar avançado e pressionando a saída de bola do adversário. A estratégia pouco funcionou nos primeiros 25 minutos. Nesse período, o Londrina conseguiu sair jogando, encontrou espaço para construir no meio-campo e levou algum perigo em duas jogadas. A partir dos 25, porém, o time do Interior sentiu a pressão e começou a erra atrás. Aos 26, quase o primeiro gol do Paraná, quando Jenison roubou a bola no ataque e colocou Higor Leite (ex-Londrina) na cara do gol. Ele chutou para fora. Aos 27, Higor Leite deixou Sciola livre para marcar, mas o goleiro defendeu o chute. O gol saiu mesmo aos 31, após lançamento de Caio Rangel, bola dividida na área e chute de Jenison. Depois do gol, domínio do time da capital.

SEGUNDO TEMPO
O Londrina voltou mais ofensivo e passou a bombardear o adversário com cruzamentos. O Paraná recuou e levou a melhor na maioria dos duelos aéreos, mas levou sufoco em vários momentos. O time da capital também teve dificuldades para sair para o contra-ataque. O empate do Tubarão veio aos 47 minutos, em cobrança de falta perfeita de Luquinha.

ESTREIA E SUBSTITUIÇÕES
Aos 11 do 2º tempo, Dado Cavalcanti promoveu a estreia do meia-atacante Jhemerson (ex-Vitória), que entrou no lugar de Caio Rangel. Aos 20, o técnico tirou o meia Higor Leite e colocou o lateral Sueliton improvisado na meia-direita. Com isso, Alesson passou a jogar como meia centralizado. O esquema tático seguiu o mesmo. Aos 30, Keslley entrou no lugar de Alesson.

ESTATÍSTICAS
O Paraná teve 36% de posse de bola, 7 finalizações (4 certas), 86% de precisão nos passes, 23 faltas cometidas e 2 escanteios. O Londrina somou 64% de posse de bola, 19 finalizações (3 certas), 91% de precisão nos passes, 11 faltas cometidas e 3 escanteios. Os dados são do Footstats.

LONDRINA 1 x 1 PARANÁ
Londrina: Alan; Raí Ramos, Augusto, Silvio e Felipe Vieira; Germano e Rômulo; Luidy (Marcelinho), Marcinho (Luquinha) e Anderson Oliveira; Uelber (Miullen). Técnico: Alemão
Paraná: Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Fernando Timbó, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Fernando Neto; Caio Rangel (Jhemerson), Higor Leite (Sueliton) e Alesson (Keslley); Jenison. Técnico: Dado Cavalcanti
Gols: Jenison (31-1º) e Luquinha (47-2º)
Cartões amarelos: Luiz Otavio, Thiago Rodrigues (P). Silvio (L).
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Público: 1.488 pagantes
Local: Estádio do Café, em Londrina

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
1 – Felipe Vieira cai na área ao dividir com dois jogadores do Paraná e reclama de pênalti.
11 – Após falta e rebote, Marcinho cruza rasteiro. A bola desvia no meio da área, sobe e sobra para Silvio cabecear. A bola passa perto, ao lado do gol.
16 – Bola alta para a árae. Silvio ajeita e Germano cabeceia perto, sobre o gol.
26 – Jenison rouba a bola de Augusto e rola para Higor Leite, na área. Ele chuta para fora e perde boa chance.
27 – Boa troca de passes. Higor Leite toca para Eder Sciola, livre na área. Ele chuta cruzado e o goleiro espalma.
31 – Gol do Paraná. Caio Rangel lança. Alesson didive com Raí Ramos. A bola sobra na área para Jenison, que chuta no canto.
44 – Alesson avança, passa por um e cruza na pequena área. Higor Leite salta e tenta de calcanhar, mas erra a bola.

Segundo tempo
12 – Eder Sciola cruza. Jenison divide com o zagueiro. A bola sobra para Higor Leite, mas a defesa tira antes.
13 – Bola alta pra área. Sciola tira. Marcinho pega o rebote na área e chuta perto, ao lado.
15 – Felipe Vieira cruza. Rômulo recebe na área e chuta. Thiago Rodrigues defende.
17 – Marcinho invade a área e chuta cruzado. Thiago Rodrigues espalma.
22 – Sciola bate lateral direto para a área. Alesson gira e chuta. O goleiro defende.
40 – Jenison ajeita. Keslley sai na cara do gol e chuta mal, para fora.
47 – Gol do Londrina. Falta quase na meia-lua. Luquinha bate no ângulo. Golaço.

DESTAQUES DOS EDITORES