Publicidade
Comporte-se

Novo Dicionário para amar depois dos 40

Para quem ainda se aventura a amar depois dos 40 anos, relacionamento afetivo deveria ser algo mais fácil e descolado. Em tese, deveria. Aliás, na prática. Há quem adote a postura não enrole, namore e outros tantos que acreditam que precise digerir uma saca de sal para permitir alguém acessar o coração.

E com um grupo de jovens que poderiam ser meus filhos e conversas privadas com amigos, surgiu um novo dicionário de expressões que definem os sentimentos e ações (ou não ações) das investidas amorosas depois que a vida começa, na perspectiva do século XXI.

As expressões

A minha expressão preferida é NEXT >> acompanhada desse símbolo mesmo, de avançar. Porque se a pessoa em questão está patinando na conversa, na ação e na reação, nada melhor do que partir para a próxima relação não é mesmo? Banho-maria é algo que serve só para culinária. E afinal de contas, quem tem tempo a maturar nessa altura do campeonato da vida?

BOLA NÃO REBATIDA NÃO DÁ JOGO – Olha, isso é para vida! Não retornou, não visualizou, gabaritou no vácuo, não quer jogar. Isso só se você tiver na fase squash, batendo a bola na parede.

ARRASTAR CORRENTES – há quem arraste as correntes do seu passado, na ilusão que o eventual novo par não se incomode com o barulho nos corredores. Todos se incomodam. Não resolver as amarras antigas e trazer isso para o agora é ato egoísta e acumulador. Dica: livre-se disso! Ou então, não seja isso para alguém.

ORGÁSTICO – muito mais que um mega gozo sexual, a significância disso alcança os níveis de sintonia mental, física e espiritual.

QUARTINHO DO REFÉM – de forma bem simplista é aquele relacionamento onde alguém deixa o outro numa situação stand by, mas sem muita clareza, ou uma entrelinha de que aquilo é um asilo. Há um conceito mais elaborado no post desse link aqui https://www.bemparana.com.br/noticia/525202/voce-conhece-a-sindrome-do-quartinho-do-refem

E o termo engraçado não é de minha autoria, mas de um jovem, SAPÃO! A história é longa, mas serve para se referir ao homem interessante que pode virar um príncipe. Pois existe pessoa que ainda acredite nisso, mas não é o caso de quem já está nos 40.

Ouvindo Beautiful Tango (Hindi Zahra)

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES