Estiagem

Novo foco de incêndio ameaça Parque Estadual Serra da Baitaca na Grande Curitiba

Um incêndio preocupante começou na tarde deste domingo (13) na região de Castelinho, próximo ao Morro do Anhangava, no  Parque Estadual Serra da Baitaca, em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo Rafael Gava, coordenador da Brigada de Incêndio em Montanha da Federação Paranaense de Montanhismo (Fepam), a equipe já estava a caminho do local e a preocupação é que, com o tempo seco e a estiagem, o fogo se espalhe rapidamente pela região. 

Na última quinta (10), outro incêndio destruiu cerca de dois hectares de vegetação do Morro Pão de Loth, também no Parque Baitaca. Equipes do Corpo de Bombeiros e de brigadistas voluntários demoraram uma tarde toda para controlar as chamas e evitar que se alastrasse pela mata e se tornasse incontrolável. As trilhas para o morro Pão de Loth, inclusive. estãof fechadas neste fim de semana para avaliação após o incêndio. 

O Instituto Água e Terra reforça que é proibido acampar, fazer fogueiras e fumar no interior das Unidades de Conservação. E pede a conscientização dos visitantes para não jogarem lixo de forma inadequada e não utilizarem caixas de som que possam perturbar a fauna local.

A Operação Serra do Mar acontece novamente nesse final de semana nos Parques Marumbi, Serra da Baitaca e Pico Paraná. O acesso é controlado com preenchimento de cadastro, contagem de visitantes e distribuição de senhas até o limite máximo permitido pela Portaria IAT nº 223/2020. Essa operação é a continuidade das ações realizadas no último feriado de forma coordenada com a participação do Escritório Regional do Instituto Água e Terra de Curitiba, Batalhão da Polícia Ambiental - Força Verde, 22º Batalhão da Polícia Militar, Guarda Municipal e Prefeituras de Quatro Barras, Piraquara e Campina Grande do Sul.

Incêndios ambientais em alta

As ocorrências de incêndios ambientais no Paraná aumentaram em 67% no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são do Corpo de Bombeiros e foram repassados à reportagem do Bem Paraná nesta segunda-feira, 3 de agosto. Segundo estes dados, no primeiro semestre de 2019 foram registrados 3.340 incêndios ambientais e neste ano, no mesmo período, o número foi de 5.578.