Educação

Novos estudantes de Curitiba podem fazer matrículas a partir de 3 de fevereiro

O retorno às aulas, no dia 18 de fevereiro, será em modelo híbrido
O retorno às aulas, no dia 18 de fevereiro, será em modelo híbrido (Foto: Luiz Costa/SMCS)

Para quem perdeu os prazos regulares de matrículas no ano passado, a Secretaria Municipal da Educação informa que a partir de 3 de fevereiro será possível matricular novas crianças e estudantes, a partir dos 4 anos de idade, em uma das 185 escolas ou 230 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

As matrículas para novos estudantes (que não fizeram cadastramento) e outros casos (como mudança de cidade) estarão abertas a partir de 3 de fevereiro de 2021 e também podem ser feitas ao longo do ano, em caso de necessidade (como transferências, mudanças). As famílias devem procurar diretamente as unidades, respeitando o distanciamento social e com uso de máscara.

Documentação - É necessário levar a certidão de nascimento da criança, histórico escolar, carteira de vacinação, CPF e RG do responsável e comprovante de residência da família (conta de energia elétrica).

Volta às aulas híbrida - O retorno às aulas, no dia 18 de fevereiro, será em duas modalidades. As 140 mil crianças e estudantes iniciarão o ano letivo com um modelo híbrido, no qual parte deles irá presencialmente para a unidade e os demais acompanharão os conteúdos por meio de videoaulas, como tem ocorrido desde abril de 2020 devido à pandemia do novo coronavírus.

A escolha do modelo caberá as famílias, e pode ser mudada a qualquer momento. Quem optar pelas aulas presenciais levará o filho para unidade, ou o estudante terá acesso ao mesmo conteúdo, conforme seu ano escolar, por meio das videoaulas da TV Escola Curitiba.

As normas e orientações para o retorno presencial estão no Protocolo de Retorno das Atividades Presenciais.