Média semanal

Números de casos novos e óbitos por Covid-19 dão salto preocupante em Curitiba

Mortes passaram de 91 na semana retrasada para 107 na semana passada
Mortes passaram de 91 na semana retrasada para 107 na semana passada (Foto: Franklin de Freitas)

Após cinco semanas e meia em bandeira amarela no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, período no qual houve uma gradativa flexibilização das medidas restritivas, Curitiba voltou a registrar um verdadeiro salto no número de casos novos e mortes causadas pela Covid-19 na semana pandêmica 74, entre os dias 8 e 14 de agosto, quando a secretaria municipal de Saúde divulgou, em média, 619 diagnósticos e 15 falecimentos por dia.

A média semanal da Covid-19 na capital paranaense é um levantamento feito pelo Bem Paraná desde o início da pandemia do novo coronavírus e tem como base os boletins epidemiológicos divulgados pelo município. Diferentemente das médias móveis, que consideram os dados dos últimos sete dias, essa média semanal tem uma base fixa, sempre considerando o período fechado entre um domingo e outro sábado.

Começando pelos casos novos, na última semana foram divulgados, ao todo, 4.331 diagnósticos positivos para a doença pandêmica. Na comparação com a semana 73, quando haviam sido registrados 3.314 casos, nota-se um aumento de 30,69%. Além disso, desde a semana 70, quando o município divulgou 5.063 registros, não se tinha uma quantidade tão grande de diagnósticos para a doença pandêmica sendo divulgados na capital paranaense.

Com relação aos óbitos, o salto foi proporcionalmente menor, mas não por isso menos expressivo um aumento de 17,58% no número de falecimentos na semana passada, passando de 91 mortes causados pelo novo coronavírus na semana 73 para 107 na semana 74.

Casos ativos sobem consecutivamente

Com o aumento nos diagnósticos e nos óbitos por Covid-19, Curitiba também tem registrado um crescimento no número de casos ativos da doença pandêmica, ou seja, na quantidade de pessoas que se sabe que estão atualmente contaminadas pelo novo coronavírus, potencialmente transmitindo a doença e com possibilidade de desfecho negativo de seu quadro clínico.

No dia 4 de agosto, por exemplo, haviam sido divulgados 5.752 casos ativos entre curitibanos, o menor número de registros desde 20 de fevereiro. Desde então, contudo, houveram dez aumentos consecutivos; Dessa forma, no sábado já haviam 6.655 casos ativos da doença na cidade, o que representa uma alta de 15,7% na comparação entre 4 de agosto e 14 de agosto.

Evolução do número de casos ativos de Covid-19 em Curitiba mês de agosto

14 de agosto 6.655
13 de agosto 6.585
12 de agosto 6.476
11 de agosto 6.425
10 de agosto 6.227
9 de agosto 6.077
8 de agosto 6.054
7 de agosto 5.920
6 de agosto 5.812
5 de agosto 5.798
4 de agosto 5.752
3 de agosto 5.877
2 de agosto 5.943
1 de agosto 6.088

Evolução da pandemia em Curitiba, semana a semana

Semana 74
(entre os dias 8 e 14 de agosto)

Casos novos 4.331
Óbitos 107

Semana 73
(entre os dias 1º e 7 de agosto)

Casos novos 3.314
Óbitos 91

Semana 72
(entre os dias 25 e 31 de julho)

Casos novos 3.007
Óbitos 111

Semana 71
(entre os dias 18 e 24 de julho)

Casos novos 3.757
Óbitos 98

Semana 70
(entre os dias 11 e 17 de julho)

Casos novos 5.063
Óbitos 122

Fonte: Levantamento do Bem Paraná com base nos boletins divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Curitiba