Publicidade
Saúde pública

Número real de mortes por coronavírus pode estar perto de 2 mil no Brasil

(Foto: Arquivo Bem Paraná/ Franklin de Freitas)

Embora os dados oficiais do Ministério da Saúde, divulgados no sábado (11 de abril), apontem que 1.124 pessoas já morreram no Brasil vítimas do coronavírus, o número real de mortes provocadas pela Covid-19 pode ser bem mais significativo, quase o dobro do que aponta os números oficiais.

Como os exames para detectar a presença do coronavírus demoram a ser processados, há muitos óbitos em decorrência da doença que ainda não constam nas estatísticas oficiais.

Um exemplo: ontem foram divulgados 68 óbitos na contagem oficial, mas apenas 13 dessas pessoas haviam, efetivamente, falecido na data, enquanto os 55 restantes morreram em dias anteriores, mas só ontem tiveram a confirmação da Covid-19 como causa de morte.

Conforme reportagem publicada hoje (12) pelo UOL, que você pode conferir na íntegra AQUI, o total de mortos no país deve estar mais perto de 2.000 do que dos 1.000 atuais. É recomendada a leitura da matéria original, que explica detalhadamente como foi feita a estimativa dos dados.

Além da demora no processamento dos resultados de exames - e o Ministério da Saúde só é notificado por estados e municípios após a confirmação dos testes de laboratório -, outro problema é a falta de exames para todos os casos suspeitos.

Outro dado que serve como indicativo da subnotificação são as ocorrências de hospitalização por insuficiência respiratória grave, que explodiram no Brasil e no Paraná nas últimas semanas, conforme revelou reportagem do Bem Paraná recentemente.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES