Publicidade
Pandemia

‘O mês de julho será muito duro’, diz secretária de Saúde de Curitiba em live

Márcia Huçulak, secretária de saúde: “Às vezes a gente perde a esperança”
Márcia Huçulak, secretária de saúde: “Às vezes a gente perde a esperança” (Foto: Reprodução/Facebook PMC)

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba confirmou, nesta segunda-feira (6), mais seis mortes de moradores da cidade por Covid-19 e outros 695 novos casos c onfirmados da doença. Todos os resultados novos foram constatados por RT-PCR, teste padrão ouro para a detecção do novo coronavírus. Desde junho, a Capital vem em evolução no número de casos e óbitos.

Diante deste quadro, ontem a secretária de Saúde da Capital, Márcia Huçulak, voltou a criticar o comportamento de muitas pessoas que, mesmo diante do avanço da doença na cidade e dos decretos que impõem mais restrições, continuam a promover aglomerações e não usar máscara.

“Todo nosso mês de julho será muito duro”, disse a secretária, dizendo que essas pessoas parecem não ter entendido a gravidade da situação. “Às vezes a gente perde a esperança na humanidade”, disse.

Em um mês, os casos de Covid-19 subiram cinco vezes. Eram 1.352 casos no dia 8 de junho e ontem o total na Capital chegou a 7.530. As mortes saltaram de 61 para 195 no período. Ontem, a taxa de ocupação de UTIs estava em 87% na Capital.

No Paraná a situação não é diferente. Em pouco mais de um mês o número de casos confirmados da doença no Estado avançou 544%, enquanto o número de óbitos saltou 311%. No dia 1º de junho, o Paraná havia registrado um total de 4.829 contaminações pelo novo coronavírus, com 190 mortes. Já no boletim de ontem eram 32.411 casos e 806 mortes pela doença.

Brasil passa de 65 mil mortes causadas pela Covid-19; casos chegam a 1,6 milhão

O Brasil chegou a 65.487 mortes em decorrência da Covid-19. Foram registradas mais 620 mortes nas últimas 24 horas, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta segunda-feira. Pelas estatísticas do Ministério da Saúde, foram identificados mais 20.229 casos da doença. Com isso, o número total de pessoas infectadas chegou a 1.623.284. As informações são da Agência Brasil.

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná confirmou ontem mais 1.291 confirmações e 25 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 32.411 casos e 806 mortos em decorrência da doença.

Em Curitiba, foram 695 novos casos e seis óbitos. Com os novos registros, Curitiba chega a 195 mortes e 7.530 casos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus.

Situação deve piorar no Paraná, diz pesquisador

O número de infectados pela Covid-19 no Paraná deve piorar no decorrer dos próximos dias, mesmo com as novas medidas de isolamento decretadas na semana passada. A projeção é do professor José Rocha Faria Neto, da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), à frente de estudo que monitora a evolução da doença no estado, ligado ao Centro de Epidemiologia e Pesquisa Clínica da Universidade (Epicenter).

“Ainda é muito precoce verificar, nos próximos dias, qualquer impacto das normas de restrição previstas pelo Governo do Estado”, avalia.

Outro ponto que merece atenção diz respeito à taxa de ocupação dos leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no Leste do Paraná, onde fica Curitiba, que o fim de semana era de 82% — número mais alto atingido na região até então. Ainda foi registrado aumento de 11% no número de pacientes internados nas UTIs do Leste entre os dias 30 de junho e 3 de julho.

“É preciso que a população tenha disciplina para reverter o quadro. Quem for de grupo de risco deve ficar em casa e a circulação de pessoas deve ser a menor possível. Quem precisar sair, deve usar máscara sempre, higienizar as mãos com frequência, evitar aglomerações e locais fechados e manter distância de, pelo menos, dois metros de outras pessoas”, orienta o médico.

Os pesquisadores da PUCPR estão dedicando esforços à prevenção e combate do coronavírus no Paraná. No escopo do Centro de Epidemiologia e Pesquisa Clínica da Universidade (Epicenter), é realizado monitoramento diário dos casos de Covid-19 no estado. Os dados são públicos e podem ser conferidos aqui: https://public.flourish.studio/visualisation/2927469/

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES