Publicidade
Alessandro Azzoni

O que o consumo tem a ver com o meio ambiente?

Temos visto políticas econômicas voltadas ao estímulo do consumo com o pensamento que comprando mais teremos maior produção e, por sua vez, manteremos ou até aumentaremos o nível de empregos. Por trás de tudo isso existe um risco muito grande para todos nós, habitantes desse planeta. Se pararmos para pensar, compramos o que realmente precisamos? Se sim, usamos tudo que compramos?
Esse simples questionamento nos faz organizar nossa maneira de consumir. Não sou contra o capitalismo, muito pelo contrário, só acredito que o marketing tomou proporções muito exageradas na formação da opinião dos consumidores. Se vamos ao supermercado com uma lista pré-elaborada compramos apenas o que está faltando, fazendo inclusive uma economia. Essa é uma dica simples, mas bastante eficiente para não gastar muito. Quando vamos ao supermercado sem lista acabamos gastando mais e compramos coisas que nem precisamos e que iremos descartar, ou seja, retornará como resíduos sólidos e será, literalmente, dinheiro jogado no lixo.
Consumo pode ser definido como a realização da necessidade versus utilidade. O consumo não consciente, quando compramos o que não precisamos, é o responsável pela geração desnecessária de toneladas de resíduos sólidos todos os dias. Quando falo de resíduos sólidos quero dizer descartes que serão depositados em aterros sanitários, lixões e ficarão disponíveis no meio ambiente sem qualquer tratamento, trazendo consequências desastrosas ao nosso planeta.
A ONU (Organização das Nações Unidas) fez uma estimativa inicial de que em 2050 não teríamos mais água potável para consumo. Essa estimativa já foi revisada e a previsão agora passou para 2025. Essa diminuição foi resultado da contaminação do solo e lençol freático, que praticamente é um rio subterrâneo que passa por baixo da terra levando água para todos os locais do nosso planeta.
Precisamos rever nossas atitudes e reciclarmos os nossos pensamentos, pois logo mais não teremos muito que fazer. O planeta está dando sua resposta às nossas atitudes irresponsáveis. Temos que fazer a nossa parte.


Alessandro Azzoni é consultor de meio ambiente e especialista em orçamento público. Formado em Ciências Econômicas, com pós-graduação em Mercado Financeiro Internacional na Suíça, Azzoni é conselheiro reeleito do Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz Vila Mariana. É ainda coordenador da Comissão Socioambiental da Distrital Sudeste da Associação Comercial, membro do CONSEG e do conselho dos moradores em situação de rua da Vila Mariana, conselheiro do CADES Municipal pela Associação Comercial de São Paulo e do distrito sudeste

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES